Identificação de vítimas que morreram carbonizadas em acidente pode levar até 10 dias

7 de junho de 2016 07:57
Comunidade , Polícia Compartilhar no Whatsapp
Identificação de vítimas que morreram carbonizadas em acidente pode levar até 10 dias Quatro pessoas morrem carbonizadas após se envolver no acidente. (Foto: PRF)

 

Os restos mortais das três vítimas (duas mulheres e um homem) carbonizadas no grave acidente registrado na madrugada desta segunda-feira (6), na BR-282 em Xanxerê, estão no Instituto Médico Legal (IML) de Chapecó. A identificação das vítimas não foi possível por meio das práticas realizadas pelos peritos locais, sendo então necessário a coleta de músculos das vítimas que foram encaminhadas para Florianópolis, onde a identificação deverá ocorrer por meio de DNA. O prazo para que isso ocorra é de pelo menos 10 dias, tempo este no qual os corpos deverão permanecer no IML, conforme a coluna Ronda Policial.

O acidente chocou toda a comunidade, após uma colisão entre um Palio e um Versalles. No Versalles estavam cinco pessoas, onde destas, apenas uma se salvou e segue internada no Hospital de Xanxerê. As outras vítimas morreram carbonizadas e apenas o condutor foi identificado como Gilson Gonçalves de 23 anos.

Relembre:

Quatro pessoas morrem carbonizadas após se envolver em um acidente na BR-282

 

 

 


Por: Patricia Silva

Deixe seu comentário

Saiba Mais