Incidência de escorpiões é frequente no Bairro Tacca

6 de dezembro de 2018 11:29 | Animais , Saúde , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Incidência de escorpiões é frequente no Bairro Tacca Foto: reprodução

É comum moradores do Bairro Tacca, de Xanxerê, avistarem escorpiões com maior frequência do que outros bairros do município.

– No Bairro Tacca há mais casos de escorpião, mas todos que foram encaminhados para a identificação para a Dive não foram os de importância médica, aquele mais peçonhento. Não temos relato de escorpiões que causem sematologias mais grave, mas sempre que ficamos sabendo conferimos – destaca Elizandra Schoenardie, da Gerência de Saúde de Xanxerê.

Escorpiões são animais predadores encontrados em áreas rurais e urbanas, geralmente em locais que favorecem o aparecimento de seu alimento (insetos, principalmente baratas). Possuem hábitos noturnos e podem viver longos períodos sem comida e água, escondidos em lugares escuros e úmidos, como frestas, calçados, roupas, entulhos e outros. Eles inoculam seu veneno através de um ferrão, localizado na parte terminal de sua cauda

 

O que fazer para controlar a ocorrência de escorpiões?

Manter limpos quintais e jardins, não acumular folhas secas e lixo e entulhos;

Acondicionar lixo domiciliar em sacos plásticos ou outros recipientes apropriados e fechados. Não jogar lixo em terrenos baldios;

Limpar terrenos baldios situados a cerca de dois metros das redondezas dos imóveis;

Eliminar fontes de alimentos para os escorpiões: baratas, aranhas, grilos e outros pequenos animais invertebrados;

Evitar a formação de ambientes favoráveis ao abrigo de escorpiões, como obras de construção civil e terraplenagens que possam deixar entulho, superfícies sem revestimentos, umidades etc.;

Remover periodicamente materiais de construção e lenha armazenados, evitando o acúmulo exagerado;

Preservar inimigos naturais dos escorpiões, especialmente aves de hábitos noturnos (corujas, joão-bobo, etc.), pequenos macacos, quatis, lagartos, sapos e gansos (galinhas não são eficazes agentes controladores de escorpiões);

Evitar queimadas em terrenos baldios, pois desalojam os escorpiões;

Remover folhagens, arbustos e trepadeiras junto às paredes externas e muros;

Manter fossas sépticas bem vedadas, para evitar a passagem de baratas e escorpiões;

Rebocar paredes externas e muros para que não apresentem vãos ou frestas.

 

Sinais e Sintomas locais após a picada de Escorpiões

  • Dor intensa e imediata após a picada, podendo espalhar-se por todo o membro e ser acompanhada de parestesia (formigamento);
  • Eritema;
  • Sudorese localizada ao redor da picada.

 

O que fazer em caso de acidentes (picadas)?

Limpar com água e sabão;

Aplicar compressa morna no local;

Não amarrar ou fazer torniquete;

Não cortar, perfurar ou queimar o local da picada;

Não aplicar nenhum tipo de substância sobre o local da picada;

Não beber nenhuma bebida alcoólica.

Ir para o hospital o mais rápido e, se possível, levar o escorpião para a identificação.


Por: Patricia Silva

Deixe seu comentário

Saiba Mais