Investigação dos casos de H1N1 em Xanxerê: Ministério Publico realiza oitivas com os envolvidos

2 de agosto de 2019 13:24 | Visualizações: 487
Comunidade , Variedades , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Investigação dos casos de H1N1 em Xanxerê: Ministério Publico realiza oitivas com os envolvidos Foto: Divulgação

Deu início, nesta semana, as oitivas com os envolvidos na investigação dos casos de H1N1. A investigação ocorre com o objetivo de apurar a veracidade dos casos de H1N1 que foram divulgados pela mídia do município.

De acordo com o promotor de Justiça, da 2ª Promotoria de Justiça de Xanxerê, Marcos Brandalise, alguns relatórios já foram enviados ao MP e também o repórter envolvido também já foi ouvido.

– Começamos com as oitivas e recebemos informações da Vigilância Epidemiológica de Xanxerê, são informações técnicas. Notifiquei e recebi a resposta da diretoria da Dive e eles nos responderam que não houve nenhum caso. Ouvi o repórter envolvido e vou ouvir as enfermeiras. Se for mentira, é necessária uma retratação. A Dive nos comunicou que são 42 casos em Santa Catarina, não em Xanxerê. Agora, precisamos encontrar o erro – comenta o promotor.

Entenda o caso

No início de junho circulou pela mídia de Xanxerê que o município havia registros de casos de H1N1. A situação causou alarde na comunidade e foi esclarecida pela Gerência Regional de Saúde de Xanxerê que não era verídica.

Diante da situação e do não fechamento dos dados, o Ministério Público de Santa Catarina por meio da 2ª Promotoria de Justiça de Xanxerê instaurou um inquérito para apurar a veracidade dos casos de H1N1. Agora, o fato está sob investigação.

Leia também:

MP instaura inquérito para apurar a veracidade dos casos de H1N1 de Xanxerê

MP instaura inquérito para apurar a veracidade dos casos de H1N1 de Xanxerê


Por: Alessandra Bagattini

Deixe seu comentário

Saiba Mais