Irmã Neusa Lúcio Luiz comemora 25 anos de Vida Religiosa Consagrada

23 de agosto de 2016 10:27
Comunidade Compartilhar no Whatsapp
Irmã Neusa Lúcio Luiz comemora 25 anos de Vida Religiosa Consagrada

 

A Irmã Neusa L. Luiz, da Congregação das Irmãs Franciscanas Missionárias de Maria Auxiliadora, comemora neste ano, seus 25 anos de vida religiosa consagrada. Para marcar a data, a Congregação e as Paróquias São Sebastião, de Abelardo Luz, e Imaculado Coração de Maria, de Lindóia do Sul, irão realizar celebrações em ação de graças pela vida e missão de Irmã Neusa. No próximo domingo (28), às 10h, a comunidade da Paróquia São Sebastião, de Abelardo Luz – SC, irá celebrar missa em ação de graças pela vida e missão da religiosa.

Irmã Neusa destaca que o momento é de agradecer a Deus pela vida e por todo o trabalho realizado nestes 25 anos de Consagração. “O momento é de Ação de Graças a Deus pelo chamado, à Congregação pela acolhida e oportunidades de estudos e crescimento pessoal. À família que sempre me apoiou, pelas orações e presença constante. Às Paróquias que me acolheram, que foram e são o espaço de minha ação pastoral, fortalecendo assim minha vocação e missão”, frisa.

“Celebrar este momento é fazer memória de uma história que vai sendo construída. As diferentes realidades, e várias delas conflitantes, me levaram a assumir com mais fervor e consciência a missão e com maior radicalidade o projeto de Jesus Cristo, na defesa e cuidado da vida. O lema que sustenta minha vida, Eu te chamei pelo nome para ser profetiza entre as nações (Cf. Jr 1,5), é baseado na missão de Jeremias, que mesmo na fragilidade, entende que Deus o chama para ser profeta. Jeremias ouve o chamado e assume a missão de ser voz e gestos de Deus na sua comunidade. Esse é um dos grandes desafios a que me dispus na minha caminhada”, ressalta.

Ela comenta ainda que muitas foram as dificuldades e renúncias nestes 25 anos, mas que sempre pode contar com a ajuda e o apoio dos familiares, das irmãs da Congregação e de toda a equipe de trabalho. “A Vida Religiosa Consagrada, é uma graça de Deus, porém exige muitas renuncias e superações. Enfrentei muitos desafios e obstáculos e provações na missão! Mas, posso dizer que consegui superar todos, pela graça da fé, da oração e da ajuda de tantas pessoas amigas, familiares, congregação e colegas de trabalho. Para cada situação, sempre pude contar com as pessoas certas que estiveram ao meu lado. Agradeço com carinho a todas as pessoas que fazem parte desta história. Um agradecimento especial a todos os profissionais e colaboradores do Hospital Regional São Paulo – ASSEC, que convivo diariamente há quase doze anos e juntos vamos enfrentando os desafios e levando adiante esta missão”, pontua.

Em Lindóia do Sul, cidade Natal de Irmã Neusa, as celebrações acontecem nos dias 29 e 30 de outubro.

O ‘Sim’ ao chamado para a Vida Religiosa Consagrada

“A experiência de fé vivida na família e na comunidade onde me criei e aprofundei minha experiência de Deus, me levaram a dar passos. Tive a graça de ter na família uma tia avó que era Religiosa Consagrada (in memoriam), que todo ano passava parte de suas férias em nossa casa. Ela sempre me convidava para ser Irmã. Desde pequena, este era o sonho que cultivava, na medida que fui aprendendo ler, meu grande desejo era ajudar nas celebrações do culto e catequese em minha comunidade.

Aos poucos, fui participando da catequese e me integrando nas equipes de liturgia e cânticos. Com o passar do tempo, também fui fazendo parte do grupo de jovens, que na época era muito atuante. Nesta época, o desejo de ser Irmã adormeceu, até o dia em que as Irmãs foram fazer uma celebração em nossa comunidade, em preparação à Consagração definitiva de duas Irmãs: uma da Congregação de São José de Chambery, que minha tia fazia parte, e outra das Irmãs Franciscanas missionárias de Maria Auxiliadora. Durante a celebração aflorou o desejo adormecido… já não tinha dúvidas… vou seguir minha vocação!  No final da celebração, fui conversar com as Irmãs das duas congregações, que me acolheram prontamente! Me acompanharam e me deram a oportunidade de conhecer o Carisma de cada uma. Decidi por esta Congregação, por me identificar com o Carisma Franciscano Missionário de Santa Maria Bernarda.

Hoje olho para trás e sinto muita alegria e realização pela caminhada feita até aqui e olho para frente com muita esperança e coragem para continuar este caminho. Tenho certeza que foi Deus quem me chamou, me colocou nesta Congregação e me confiou esta importante missão que me realiza a cada dia”, relata Irmã Neusa.

 


Por: Patricia Silva

Deixe seu comentário

Saiba Mais