Júri de motorista acusado de provocar acidente que matou três ponteserradenses acontece nesta sexta

25 de julho de 2018 14:35
Polícia , Trânsito , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Júri de motorista acusado de provocar acidente que matou três ponteserradenses acontece nesta sexta Foto: Eder Luiz

O motorista acusado de provocar o acidente que causou a morte de três ponteserradenses em setembro de 2012, na BR-282 em Joaçaba, será submetido a júri popular nesta sexta-feira, dia 27, a partir das 13 horas, no Fórum de Joaçaba. Sete jurados definidos por sorteio vão compor o conselho de sentença.

Vanderlei Chaves, motorista de um Focus que atingiu o Golf onde estavam as vítimas, jogando o veículo para cima de um caminhão, será julgado pelas mortes de Adriana Tobias, Janice Stecanela e Marco Antônio Trindade. Ele também responde por lesões corporais em Letícia Aparecida Alves. As vítimas moravam em Ponte Serrada.

O réu é acusado por homicídio doloso simples, com pena que varia de seis a 20 anos de prisão. A denúncia inicial do Ministério Público era por homicídio culposo (quando não há intenção de matar), mas um recurso do advogado Carlos Guerra, que atua na acusação do motorista, levou a Justiça a transformá-lo em doloso, considerando que o condutor assumiu o risco de matar ao dirigir o Focus de maneira imprudente.

A tragédia ocorreu no dia 7 de setembro de 2012, na BR-282 em Joaçaba. Testemunhas relataram que o Focus, com placas de Herval d’Oeste e dirigido por Vanderlei Chaves, fazia zigue-zague na pista quando atingiu o Golf, com placas de Ponte Serrada. A colisão levou o Golf para a pista contrária, onde seguia um caminhão, com placas de Ouro, que atingiu o automóvel.

Na denúncia apresentada pelo Ministério Público, Vanderlei dirigia o Focus de forma arriscada, tentando evitar que um veículo que estava atrás dele o ultrapassasse. Na época, o teste de bafômetro realizado pela Polícia Rodoviária Federal não constatou embriaguez. Um exame toxicológico também descartou o uso de entorpecentes.

O acidente matou na hora Adriana Tobias e Janice Stecanela. Marco Antônio Trindade, motorista do Golf, chegou a ser socorrido, mas morreu no hospital. Do Golf, sobreviveu apenas Letícia Aparecida Alves. Os motoristas do Focus e do caminhão sofreram lesões leves.

 

Informações Oeste Mais

 


Por: Patricia Silva

Deixe seu comentário

Saiba Mais