Leite gerado na Expoleite será doado para entidades

13 de julho de 2016 07:43
Comunidade Compartilhar no Whatsapp
Leite gerado na Expoleite será doado para entidades Leite gerado na Expoleite será doado para entidades (Foto: Divulgação)

O presidente da Comissão Central Organizadora da Expoleite Beef Show 2016, Jeferson Luiz Piccoli, o presidente da Associação dos Criadores de Bovinos de Xanxerê, Vitacir Rossignol e o proprietário do Laticínios Santa Catarina, Joel Barbieri visitaram, na manhã desta terça-feira (12) algumas entidades para ajustar a entrega do leite gerado nas provas de ordenha da feira.

A primeira entidade visitada foi a Apae de Xanxerê, em seguida a Apae do município de Faxinal dos Guedes e no final da manhã retornaram à Xanxerê, para visitar o Lar do Idoso.

Segundo o presidente da CCO, Jeferson Piccoli, fala do volume e da forma que será feita a distribuição. “Volume coletado ultrapassou a casa dos R$ 30 mil e o que estamos repassando para as entidades ultrapassa os R$ 15 mil, e o Laticínios Santa Catarina, com quem temos uma parceria de longa data, vai industrializar o leite que será entregue de forma gradativa, de acordo com a necessidade da entidade, para não gerar problemas de estocagem. Melhor ainda, conversando com o Joel, proprietário do Laticínio, ele vai entregar leite, bebida láctea e queijos mussarela e ricota, produzido com o leite da feira. Isso nos deixa feliz, porque quando a gente chega na Apae, por exemplo, e vemos a felicidade da Ana Modesti em receber a gente aqui, fazendo o que toda a comunidade deveria fazer”.

Piccoli esclarece que é o segundo ano que a Associação faz este tipo de ação, a primeira na Feira Estadual do Milho. “Antes fazíamos o tradicional banho de leite nos produtores, mas agora fazemos a doação do leite, evitando o desperdício e atendendo realmente a quem precisa do leite”.

O proprietário do Laticínio Santa Catarina, Joel Barbieri, destacou a importância da doação para quem realmente precisa. “Para nós do Laticínio é muito gratificante participar deste projeto, sabendo que estamos tratando de idosos, crianças e pessoas com necessidades especiais, que realmente precisam desses produtos, o leite, o queijo e outros derivados do leite, que hoje estão com um preço elevado para a compra e conseguimos em formato de parceria transformar isso em doação. É a primeira vez que estamos participando do projeto, mas já nos colocamos a disposição da Associação para continuar a parceria”.

De acordo com Barbieri, as entidades não precisam pedir tudo de uma única vez, devem fazer a sua programação de tipo de produtos e quantidades e fazer o pedido periodicamente que será incluído na rota semanal de entrega do Laticínio. (Assessoria de imprensa)

 


Por: Patricia Silva

Deixe seu comentário

Saiba Mais