Mãe ainda aguarda liberação de corpo para poder velar o filho

5 de março de 2019 09:38 | Visualizações: 6921
Polícia , Variedades , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Mãe ainda aguarda liberação de corpo para poder velar o filho Foto: Arquivo Pessoal

Ainda no dia 18 de janeiro a mãe de Luan Junior Alves Pereira, Silvana de Oliveira, buscou a reportagem do Lance Notícias pois iniciava a sua saga em busca do filho. O jovem estava desaparecido e a mãe aflita em sua busca.

No dia 28 de janeiro, populares encontraram um corpo em avançado estado de decomposição, em Faxinal dos Guedes. Silvana havia encontrado o seu filho, mas infelizmente, sem vida. Neste ponto o que ela queria era oferecer ao filho um velório e buscar por justiça pela sua morte.

No entanto, neste dia cinco de março, 38 dias depois, o corpo do jovem ainda não foi liberado pelo Instituto Médico Legal (IML).

– Ainda não conseguimos velar ele. Não tem sido fácil – comenta Thalya, esposa do Luan, com quem teve uma filha.

A demora se dá devido a demanda do IGP e IML e a falta de profissionais, que não podem fazer horas-extras e por conta disso acabam atuando poucos dias por semana, para compensar os plantões.

 

Polícia Civil investiga

A linha de investigação que a Polícia Civil segue é de que foi um homicídio. O delegado responsável é Albino de Souza Araújo.

 

– Só espero que a Justiça seja feita ­– finaliza Thalya.

 

 


Por: Patricia Silva

Deixe seu comentário

Saiba Mais