Médica orienta sobre alergia respiratória que pode surgir nesta época do ano

1 de agosto de 2019 18:15 | Visualizações: 114
Saúde Compartilhar no Whatsapp
Médica orienta sobre alergia respiratória que pode surgir nesta época do ano Foto: Divulgação

Com a aproximação de uma nova frente fria pelo Estado, o fim de semana será de temperaturas geladas, inclusive no Oeste. E isso vem atrelado aos cuidados com a saúde, inclusive para alergias respiratórias. Nesse período em que o vento gelado é propício, é importante redobrar as atenções. E, quem traz dicas de como evitar reações alérgicas no frio é a Dra. Vanusa Mariano Hagel.

– A alergia respiratória apresenta-se com obstrução nasal, coceira no nariz, espirros frequentes e coriza. Os sintomas variam de intensidade conforme o indivíduo. Normalmente a pessoa já teve outros episódios e estes podem acontecer de forma recorrente. Já no resfriado, apesar de também ter estes sintomas anteriores ocorre, também, uma queda no estado geral, dores musculares, diminuição do apetite, cansaço e ainda a febre – explica.

O clima seco e frio favorecem o aparecimento de alergias, mas o excesso de umidade para algumas pessoas também pode ser prejudicial. Portanto, é importante manter a boa ventilação dos ambientes para que o ar circule. Além disso, os cuidados com as roupas são importantes.

– Sempre no início do inverno as roupas de frio devem ser lavadas para retirar os ácaros, também ventilar as roupas e expô-las ao sol. As pessoas com alergia à lã devem evitar roupas de lã e cobertores. Usar roupas de cama com facilidade para lavar e ou com capas. Limpar os ambientes com pano úmido e evitar varrer. Pessoas alérgicas se beneficiam com a limpeza das narinas com solução fisiológica realizadas diariamente. Se o seu quarto for muito seco à noite orienta-se o uso de umidificadores de ar conforme a necessidade – orienta a doutora.

Em caso de dúvidas sobre alergia respiratória, é importante procurar um profissional para buscar orientações.

– Todos estes recursos não medicamentosos, além é claro de beber água suficiente, para manter hidratação e alimentação balanceada para melhorar o sistema imunológico devem ser seguidas, porém se as crises alérgicas forem muito recorrentes ou com prejuízo das atividades diárias, ou se um resfriado tiver sintomas muito marcantes um médico deverá ser procurado para indicar o melhor tratamento no seu caso – finaliza.


Por: Carol Debiasi

Deixe seu comentário

Saiba Mais