Mergulhos em locais desconhecidos podem resultar em lesões na cabeça ou na cervical

12 de janeiro de 2019 15:01
Comunidade , Saúde , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Mergulhos em locais desconhecidos podem resultar em lesões na cabeça ou na cervical Foto: Divulgação

Com a chegada da época mais quente do ano, é comum as pessoas procurarem por lugares com água, como piscinas, rios e lagoas. Mas, há uma série de cuidados necessários que os banhistas precisam ficar atentos.

De acordo com o traumatologista e ortopedista Lourival Landgraf Junior, a maior incidência é de lesão na cervical e na cabeça.

– O principal dano que pode causar um mergulho é na cervical, às vezes, até um trauma encefálico se bater a cabeça, o que pode acontecer com quem mergulha em água rasa – comenta.

Para o médico, o ideal é que as pessoas conheçam bem o local antes de realizar mergulhos.

– Aqui na região, é comum o pessoal ir em rios, então, é necessário ter alguns cuidados, pois pode ser que no ano anterior a pessoa mergulhava em determinado local, mas o leito do rio muda, devido chuva, e diversos fatores, então é necessário ter certeza da profundidade. Sempre deve-se entrar na piscina, rio, explorar o local antes de dar mergulho, para ter certeza da profundidade e se não há algo como pedras ou galhos, muito comum nestes locais – enfatiza.

Tome esses cuidados e garanta um verão seguro para você e sua família.


Por: Alessandra Bagattini

Deixe seu comentário

Saiba Mais