Merísio reforça propostas e busca apoio dos eleitores para o segundo turno

8 de outubro de 2018 09:58 | Eleições 2018 , Política , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Merísio reforça propostas e busca apoio dos eleitores para o segundo turno (Foto: Divulgação)

As eleições no estado de Santa Catarina, assim como no país, seguiram para o segundo turno. Gelson Merísio (PSD), que é da região Oeste, conquistou 1.121.869 (31,12%) e disputa o segundo turno com Comandante Moisés (PSL), que obteve 1.071.406 (29,72%).

Após o término das apurações dos votos, Merísio concedeu uma entrevista coletiva, onde reforçou o apoio a Jair Bolsonaro (PSL) para a presidência do país. Além disso, O candidato reforça que agora o foco será para as eleições dentro do estado.

“O quadro nacional saiu do plano, porque os dois candidatos apoiam o Bolsonaro, então agora essa parte tem menos relevância. Queremos fazer um debate profundo sobre Santa Catarina, pois o que está em jogo é o futuro do catarinense que precisará de saúde com qualidade, segurança pública com qualidade e o preparo, a experiência de quem for o governante fará muita diferença”, comenta.

Quanto às alianças, Merísio destaca que o foco é buscar o apoio dos eleitores e não de outros partidos ou coligações políticas.

“Não vamos buscar alianças com partidos, vamos buscar aliança com eleitores que votaram em candidatos diferentes de nós no primeiro turno. Temos muito pouco tempo e precisamos conversar com o eleitor, mostrar o que queremos fazer, com muita tranquilidade, seriedade, respeito ao adversário e aos que não foram para o segundo turno, respeitar a sua participação e conversar com o eleitor”.

Sobre a proposta, os pontos mais destacados pelo candidato são a saúde e segurança pública. Segundo ele, Santa Catarina precisa melhorar nesses dois pontos e, para isso, será necessário enxugar também a máquina pública.

“Temos a segurança pública como um problema a ser atacado e resolvido, assim como a saúde e, acima de tudo, enxugar a máquina pública, reduzir cargo comissionado, enxugar o processo, para que tenhamos mais médicos, mais professores, mais policiais nas ruas”, destaca.

Conforme Merísio, a coligação já esperava passar pelo segundo turno, tendo como adversário o MDB. Mas, diante do atual cenário, ele reforça o respeito ao adversário e o compromisso com a população e suas principais demandas.

“Prefiro respeitar o resultado que eu tive, agradecendo a todos os eleitores, que foi mais de um milhão, que depositaram sua confiança em mim e no João Paulo e quero pedir aos demais que não estiveram conosco, que prestem atenção nas nossas convicções, nossas propostas e, se entenderem que merecemos o apoio, podemos estar juntos no segundo turno, independente de sigla partidária, porque agora restam duas opções e esperamos poder contar com o apoio da maioria dos que restaram”, finaliza.


Por: Alessandra Oliveira

Deixe seu comentário

Saiba Mais