Ministério Público interfere após São Romero conviver há meses com esgoto escorrendo a céu aberto

26 de fevereiro de 2019 08:55 | Visualizações: 1666
Comunidade , Variedades , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Ministério Público interfere após São Romero conviver há meses com esgoto escorrendo a céu aberto Foto: Patrícia Silva/Lance Notícias

Ainda no começo do mês de fevereiro, o Lance Notícias esteve no Bairro São Romero atendendo um pedido da comunidade referente a uma fossa comunitária que está vazando no local.

A situação ainda não foi resolvida e os moradores são obrigados a conviver com o mau cheiro, proliferação de insetos e roedores, além dos riscos de contaminação.

Diante da situação, o Ministério Público irá propor um Termo de Ajuste de Conduta (TAC), por meio da 2º Promotoria de Justiça.

– Chegou até nós essa situação há mais de dois meses, por meio da comunidade local e da imprensa, nós já fizemos duas reuniões. Está designado um Termo de Ajuste de Conduta (TAC) para a gestão – comenta o promotor de Justiça, Marcos Augusto Brandalise.

O promotor comenta ainda que há no local dois problemas maiores: falta de manutenção das fossas e o seu tamanho que não comporta todas as famílias que fazem uso.

– Existe a fossa comunitária, quem construiu aquele aglomerado de casas e a fossa foi o município. As pessoas tem o dever de manter. Por mais que se crie um sistema ideal, a manutenção tem que ser promovida, pois no local é um sistema de fossa séptica, é diferente desse sistema de tratamento de esgoto que foi construído no município. O outro problema identificado lá é que cada fossa séptica comportaria uma casa com duas pessoas, mas o número é maior – salienta.

Moradores reclamam

Vídeo: esgoto escorre a céu aberto no Bairro São Romero

 


Por: Patricia Silva

Deixe seu comentário

Saiba Mais