Miri fala sobre as dívidas da prefeitura de Xanxerê no fim do seu mandato

20 de dezembro de 2016 17:29
Comunidade , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Miri fala sobre as dívidas da prefeitura de Xanxerê no fim do seu mandato (Foto: Patrícia Silva/Lance Notícias/ARQUIVO)

 

Com a aproximação do fim do ano e do mandato de Ademir Gasparini (Miri) o prefeito tem ainda a preocupação com o caixa da prefeitura. Muito tem se comentado de que as dívidas da prefeitura chegariam a mais de R$30 milhões, porém, Miri explica a situação.

“Essa questão gera muita discussão, curiosidade e conversas sem fundamentação, inclusive, por que tem que entender o que é dívida real e dívida transitória. As transitórias são aquelas que fazemos por meio de projetos, emendas, convênios e que a gente contrai uma dívida, mas já tem na contrapartida o recurso, então, quando se licita uma obra se cria uma dívida que aparece no portal da transparência, mas já há o recurso garantido”, explica Miri.

O prefeito dá exemplos: “ um exemplo é o Badesc que adquirimos R$10milhões, outro exemplo é o Ginásio Ivo Sguissardi, que contraímos uma dívida de mais de R$3 milhões, mas já tem o recurso assegurado, mas que só vai ser pago de acordo com o andamento da obra”, salienta.

Miri destaca quanto deverá ficar de dívida real do seu mandato par Avelino Menegolla (PSD).

“Mas de dívida real que nós realmente temos com fornecedor eu acredito que hoje chega a R$3,5 milhões que até o fim do mês nós ainda vamos diluir bastante esse valor. Posso falar com toda a tranquilidade que vai ficar muito menos do que se está comentando”, finaliza.

 


Por: Patricia Silva

Deixe seu comentário

Saiba Mais