Moradores denunciam fugas de detentos do Presídio de Xanxerê

21 de setembro de 2017 09:06
Comunidade , Lance Notícias , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Moradores denunciam fugas de detentos do Presídio de Xanxerê Fotos: Rafaela Forchesatto/ Lance Notícias

Um buraco na parede vem preocupando os moradores do Bairro Castelo Branco em Xanxerê. Segundo eles, detentos do semiaberto utilizam aquele espaço, que é os fundos de uma residência, para saírem durante à noite.

O LANCENOTICIAS.com.br conversou com dois moradores do local, no qual preferem não se identificar, que relataram diversos episódios de fuga.

“Nós sempre escutamos a noite um barulho de pessoa pulando e passando correndo, chegaram de quebrar um pedaço do meu muro. Tem vezes que estamos sentados aqui na área, tomando chimarrão e eles passam, depois de um tempo eles voltam, sempre com uma bebida na mão”, comenta uma das moradoras.

Segundo elas, o Presídio já tentou inúmeras vezes fechar o buraco, mas sempre os detentos acabam abrindo.

“O Presídio faz a parte dele, não é que eles não se interessam, eles se interessam, só que eles arrumam, e os outros desarrumam. Os guardas ficam escondidos atrás de casa, para tentar pegar no flagra os fugitivos, mas sempre que eles vêm, nunca ninguém sai”.

O local acaba passando insegurança aos moradores.

“Essas pessoas que fogem nunca incomodaram nós, mas a gente fica com medo, não se sabe o que eles vão fazer, não se tem mais tranquilidade, não dá para deixar a casa aberta”, finaliza.

A diretora do Presídio Regional de Xanxerê, Marionice Soares Fávero,  comenta que medidas são tomadas para inibir esse tipo de fuga.

“Nós temos consciência e temos responsabilidade, não estamos omitindo, isso acontece a noite. Eles trabalham na rua o dia inteiro, porque o semiaberto é a semiliberdade, eles vão trabalhar e voltam, um ou outro acaba pulando durante a noite”, destaca.

Prevenção

“A prevenção que a gente faz são fechar os buracos, direcionar a câmera no muro e fiscalizar. Quando nós recebemos uma denúncia ou vemos eles mesmo saindo, nós realizamos uma geral, constata a saída e registra fuga”.

Reforma

“Nós temos o projeto de reconstrução do semiaberto, que já está no Conselho Gestor para aprovação. Todo o projeto e orçamentos já foram realizados, e está na Secretaria de Administração para aprovação. É a construção de um novo semiaberto, com 80 vagas”.

Câmeras e segurança

“Nós temos aprovado um sistema com 60 câmeras de monitoramento que vão ser instaladas aqui no presídio, no qual vai inibir isso também. Serão câmeras com infravermelho, com visão noturna. Com essas câmeras, inclusive vai ter uma em cima da caixa d’água, que ela monitora em 360º, que vai ser uma segurança para os próprios moradores, porque essa câmera vai servir para vigiar até a casa deles”, finaliza.

 


Por: Alessandra Bagattini

Deixe seu comentário

Saiba Mais