Moradores do Bairro São Jorge relatam situação precária de rua

23 de abril de 2019 16:09 | Visualizações: 286
Comunidade , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Moradores do Bairro São Jorge relatam situação precária de rua (Foto: Divulgação)

Xanxerenses buscam constantemente o Lance Notícias para relatar a situação da rua onde moram e da falta de iluminação pública. Desta vez, o morador Edison Ramos buscou a reportagem para expor a situação da rua onde mora, no Bairro São Jorge.

Edison mora na Rua Luiz Caetano Chiament e declara que o local há muito tempo não passa por melhorias. É uma rua sem saída e a iluminação pública também está comprometida, uma vez que dois, dos três postes instalados no local, estão com as lâmpadas queimadas.

– Já buscamos várias vezes o poder público, relatando a situação e eles dizem que virão arrumar, mas até hoje não apareceram. Isso gera insegurança, principalmente por conta das lâmpadas queimadas e o local fica bem escuro – comenta.

Diante disso, o pedido é por manutenção tanto na rua como também nos postes de iluminação pública, para que os moradores possam transitar pelo local de forma mais segura.

Por parte do poder público, há dois cronogramas estabelecidos par a recuperação das ruas e também da iluminação pública. Ambos iniciaram neste mês.

Na iluminação, o cronograma é: centro; Vila Sésamo; Jardim Tarumã; Veneza; Tacca; Bortolon; Nossa Senhora de Lourdes; Leandro; Vila União; Esportes; São Jorge; Colatto; Castelo Branco; João Winckler; Maria Winckler; São Romero; Bela Vista; Sufiatti; Vista Alegre; Tonial; Matinho; Nossa Senhora Aparecida; Nossa Senhora de Fátima; São Pedro; Ferronato; Santos Dias; Santa Cruz; e Monte Castelo.

Quanto a recuperação das ruas nos bairros, o cronograma estabelecido para recuperação seria o seguinte: Bairro Nossa Senhora de Lourdes; Bortolon; Vila União; Sufiatti; São Romero; Bela Vista; Monte Castelo; Vista Alegre; Jardim Tarumã; Vila Sésamo; Tacca; Colatto; Dos Esportes; São Jorge e por último Santa Cruz.

(Foto: Divulgação)


Por: Alessandra Oliveira

Deixe seu comentário

Saiba Mais