Moradores do Vila União pedem por instalação de tubulação em córrego

23 de fevereiro de 2017 15:00
Comunidade , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Moradores do Vila União pedem por instalação de tubulação em córrego Foto: divulgação

Recentemente Xanxerê entrou na lista dos municípios com risco de focos de dengue, chikungunya e zika. A falta de manutenção nos rios e córregos do município são fatores que contribuem para essa incidência.

Nestes primeiros dois meses da atual legislatura, o vereador Wilson Martins dos Santos (PSDB) tem realizado diversas visitas aos bairros do município e percebido o grande problema ocasionado pela falta de conservação destas áreas. Em uma dessas visitas o vereador acompanhou dona Maristela Brusamarello Morais, que relatou os problemas com o córrego que passa em frente a sua residência, na Rua Nossa Senhora Salete, no Bairro Leandro.

“É quase um esgoto a céu aberto, que coloca a saúde de muita gente em risco de contaminação. O que queremos é que a prefeitura complete a tubulação com aquela que já existe aqui no córrego. Nós sofremos muito quando chove, pois sempre corremos o risco de que a água, com toda essa sujeira, entre para dentro de casa,” disse dona Maristela.

O vereador apresentou indicação que foi aprovada por todos os vereadores na sessão da última segunda-feira (20/06), para que o município realize a limpeza e a canalização do local.

“São diversas famílias que sofrem com a falta de condições do local e, quando chove muito corre o risco de alagamentos já que o lixo se acumula nas entradas dos bueiros já existentes. São poucos metros de tubulação que vão trazer grandes benefícios, principalmente na questão de prevenção de contaminação por essas doenças provocadas pelo mosquito,” disse o vereador.

O vereador destaca ainda que os moradores estão pedindo também a melhoria das ruas daquele bairro.

“Algumas estradas estão intransitáveis e quando chove o problema aumenta. A pavimentação no caso é uma necessidade evidente”, finalizou Wilson Martins. (Assessoria de imprensa)


Por: Patricia Silva

Deixe seu comentário

Saiba Mais