Morre, aos 92 anos, médica alemã que residia em Xanxerê

26 de setembro de 2018 08:26
Comunidade , Lance Notícias , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Morre, aos 92 anos, médica alemã que residia em Xanxerê O casal veio como missionários para tratar os doentes e ajudar os pobres sem cobrar nada em troca. (Foto: Patrícia Silva/Lance Notícias)

Morreu, aos 92 anos, a médica alemã que residia em Xanxerê, Gisela Katharina Happe Möller. A médica, segundo informações da família, estava internada há uma semana. Gisela nasceu em 1926, na cidade de Trier. Ela e seu esposo Kurt Möller perderam na Segunda Guerra Mundial tudo o que tinham devido a um bombardeio Norte-Americano, ficando apenas com a roupa do corpo. Dez anos depois vieram para o Brasil como missionários para tratar os doentes e ajudar os pobres sem cobrar nada em troca.

Gisela e seu esposo vieram para o Brasil em 1955, de navio, ficaram dois anos em Curitiba para aprender a falar a língua portuguesa e logo após se mudaram para Xanxerê. Segundo a família, a médica atendeu mais de 300 mil pessoas desde que chegou no município. Gisela residia com as filhas e netas no Bairro La Salle em Xanxerê. Preservando a mesma decoração há mais de 50 anos, a casa é considerada um museu histórico da cultura alemã.

O velório da médica acontece na funerária São José, hoje (26). Às 16h será o culto e após o enterro.

 

Relembre: Médica alemã conta sobre a missão que a trouxe para Xanxerê


Por: Alessandra Bagattini

Deixe seu comentário

Saiba Mais