MST de Xanxerê busca em audiência posse da terra onde está o acampamento

28 de fevereiro de 2018 08:55
Comunidade , Lance Notícias , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
MST de Xanxerê busca em audiência posse da terra onde está o acampamento Foto: MST/ arquivo

No início desse mês famílias do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) reocuparam uma área de terra, situada na Fazendo Prezzotto, no interior de Xanxerê. São aproximadamente 400 familias que hoje vivem no local.

Ivanor Santin, que faz parte da Coordenação Estadual e Nacional do MST, destaca que as famílias já receberam auxilio e na última semana um dos coordenadores esteve em visita ao Prefeito de Xanxerê.

“Nós já estivemos visitando o Prefeito de Xanxerê e fomos bem atendidos. Pedimos auxilio em relação a educação para as crianças, que hoje já estão indo para a escola e também pedimos no quesito de saúde”.

Santin destaca que nesta quinta-feira (1º), estará em Brasília em uma audiência que vai tratar sobre a situação da terra do local. “Estou indo para Brasília em uma audiência com o presidente do Incra para tratar sobre a terra. Na verdade a terra é do Incra, é uma situação vergonhosa, os títulos da terra já foram anulados, tem várias coisas erradas. Então vamos ver se conseguimos fazer o assentamento, essa é nossa exigência, até porque ali é uma área pública”, conclui.

Ainda em novembro de 2017, a juíza federal de Chapecó concedeu a execução da liminar para despejar as famílias que viviam no Acampamento Marcelino Chiarello, localizado entre as comunidades de Vargem Bonita de Xanxerê e Santa Laura, de Faxinal dos Guedes, depois disso as famílias foram realocadas em uma comunidade no interior de Faxinal e agora, estão em um novo acampamento, situado em Xanxerê.

Relembre:

Prezzotto emite nota sobre reocupação de área no interior de Xanxerê pelo MST


Por: Alessandra Bagattini

Deixe seu comentário

Saiba Mais