Mulheres aguardam em média um ano na fila de espera para fazer mamografia em Xanxerê

2 de fevereiro de 2017 09:44
Comunidade , Saúde , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Mulheres aguardam em média um ano na fila de espera para fazer mamografia em Xanxerê (Foto: reprodução/internet)

 

O câncer de mama, como o próprio nome diz, afeta as mamas. É o tumor maligno mais comum em mulheres e o que mais leva as brasileiras à morte, segundo o Instituto Nacional de Câncer (Inca). A melhor forma de evitar o câncer de mama é a prevenção e para isso a mamografia é indispensável. Mas, a fila do SUS para realização do exame é bastante extensa e as mulheres xanxerenses aguardam quase um ano para realizar o exame.

O Sistema Único de Saúde (SUS) garante a oferta gratuita de exame de mamografia para as mulheres brasileiras em todas as faixas etárias. A faixa dos 50 aos 69 anos é definida como público prioritário para a realização do exame preventivo pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e seguida pelo Ministério da Saúde baseado em estudos que comprovam maior incidência da doença e maior eficiência do exame. Mas, o exame já é indicado para mulheres acima dos 40 anos.

Em Xanxerê, o Lance Notícias relatou ainda em outubro de 2016, que o município passava por problemas já que o aparelho utilizado para a mamografia estava com problemas e as consultas ficaram paradas por algumas semanas, o que gerou ainda mais aumento na fila. O aparelho foi consertado e no mês de outubro nove pessoas foram chamadas para a realização da mamografia.

Segundo dados do setor de agendamento da secretaria de saúde de Xanxerê, a partir de novembro o fluxo de chamadas voltou a normalizar e cerca de 70 mulheres são chamadas todos os meses para realizar o exame. Porém, mesmo parecendo ser um número alto, não é o suficiente, já que a quantidade de mulheres aguardando se aproxima de mil. Hoje, estão sendo chamadas as mulheres do mês de abril de 2016 para realizar o exame.

“A Rede Feminina não recebeu nenhum dado oficial. A fila continua grande e não vai mudar tão cedo. A gente entende que é uma crise financeira grande, mas é necessário ter prioridades. A Rede não tem condições de suprir essa demanda de jeito nenhum, se o município não tem, imagina nós. Pelo que sabemos passa de mil o número de mulheres na fila de espera, e muitas chegam a aguardar por mais de um ano”, comenta Rita Pezzalli, presidente da Rede Feminina de Combate ao Câncer de Xanxerê.

Quando diagnosticado e tratado ainda em fase inicial, isto é, quando o nódulo é menor que 1 centímetro, as chances de cura do câncer de mama chegam a até 95%. Tumores desse tamanho são pequenos demais para serem detectados por palpação, mas são visíveis na mamografia. Por isso é fundamental que toda mulher faça uma mamografia por ano a partir dos 40 anos.

O valor da mamografia nas clinicas de Xanxerê, fica em média R$190,00 para quem não possui convênios.

 


Por: Patricia Silva

Deixe seu comentário

Saiba Mais