Novo projeto para sacolas retornáveis será apresentado no próximo ano

7 de novembro de 2018 09:06 | Comércio , Comunidade , Variedades , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Novo projeto para sacolas retornáveis será apresentado no próximo ano Sacolas retornáveis em Xanxerê. (Foto: Patrícia Silva/Lance Notícias)

No ano de 2010, o município de Xanxerê implantou um projeto pioneiro na cidade: as sacolas retornáveis nos supermercados. O projeto tinha como objetivo diminuir a utilização de sacolas plásticas que poluem o meio ambiente. No período de implantação, Xanxerê era exemplo para diversos estados e municípios, já que foi a primeira a aderir ao não uso das sacolas plásticas.

Entretanto, em 2016 o projeto perdeu força, sendo que em 2017 todos os supermercados voltaram a distribuir sacolas plásticas gratuitamente, sendo que durante o tempo de vigência do projeto as mesmas eram cobradas.

Após discussões no município, em junho deste ano uma comissão foi formada para debater e reformular o projeto das sacolas retornáveis. A comissão tem por objetivo trabalhar com a conscientização da população quanto ao uso das sacolas plásticas e os benefícios das sacolas retornáveis.

Desde então, a comissão estuda e elabora o novo projeto para que seja apresentado à comunidade. Os membros buscam elaborar o projeto com todos os detalhes e pensando em todos os aspectos, para que fique completo, para depois apresenta-lo.

“A comissão continua estudando o projeto, mas a apresentação dele para a comunidade ficará para o ao que vem. Não conseguimos lançar antes e agora com o fim do ano fica ruim, por isso vamos deixar para o ano que vem”, explica Paulo Ferronato, presidente da presidente Associação de Moradores do Centro e do Bairro La Salle e membro da comissão.

O projeto voltou a ser debatido no município, por meio da Associação de Moradores do Centro e do Bairro La Salle. Para a nova elaboração do projeto a comissão conta com o apoio de várias entidades do município. O idealizador da primeira ação foi Edson Marció.


Por: Alessandra Oliveira

Deixe seu comentário

Saiba Mais