Paratleta de Xanxerê é pré-convocado para as Paraolimpíadas

6 de maio de 2016 16:39
Esporte em destaque Compartilhar no Whatsapp
Paratleta de Xanxerê é pré-convocado para as Paraolimpíadas Paratleta de Xanxerê é pré-convocado para Olimpíadas (Foto: Arquivo Pessoal/Divulgação)

Ivonei Borges, um xanxerense de 28 anos, teria uma vida comum como a de qualquer jovem de sua idade. Mas, após passar por uma tragédia pessoal, demonstra uma história de grandes superações.

Atualmente cursando a 1ª fase de Educação Física, na Unoesc Xanxerê, Ivonei foi agredido fisicamente, durante uma tentativa de assalto em 18 de julho de 2007, o que o deixou tetraplégico. Em 2009, começou hidroterapia para reabilitação, na Fraternidade Cristã da Pessoa com Deficiência de Xanxerê (FCDX), incentivado por familiares e amigos.

A hidroterapia acabou causando uma revolução na vida do jovem: a paixão por nadar. Logo, Ivonei tornou-se um paratleta de Natação, conquistando resultados expressivos, tanto em nível estadual quanto nacional.

Atualmente, o paratleta, que compete na categoria S 2 e é treinado pelo professor Teseu Elói Nunes, prepara-se para um novo desafio: a possibilidade de disputar a Paraolimpíada representando seu país.

 

 Uma história de superações

Ivonei treina três vezes por semana, com cerca de uma hora e quinze minutos por treino, no Clube 7. Os treinamentos envolvem aquecimento, alongamento, resistência, força e tiros de agilidade.

Representando o Clube e com o apoio da Prefeitura Municipal de Xanxerê e Unoesc Xanxerê, ele já participou de diversos campeonatos, com destaque para os Parajasc, Circuito Loterias Caixa de Natação e Open Internacional (no Rio de Janeiro).

Vários resultados expressivos, como o de campeão nos 50 metros livres (sendo recordista brasileiro), nos 50 costas e nos 100 metros livres, no Circuito Brasileiro, credenciam o jovem atleta para disputar a Paraolimpíada no Brasil. Ele, inclusive, já foi pré-convocado, no início de abril, dependendo agora da convocação do Comitê Paraolímpico Brasileiro (CPB) para disputar os 50 metros livres e os 50 costas.

No mês passado, no Parque Olímpico do Rio de Janeiro, em evento teste para as Paraolimpíadas, Ivonei ficou em segundo lugar nos 50 metros livres.

 

Vencendo os limites

Ivonei confessa que, por já atuar no esporte, motivou-se a fazer Educação Física. Em sua avaliação, o curso vai prepará-lo para atuar na área e realizar o sonho de ser técnico de Natação, auxiliando outros jovens que tenham o sonho de vencer limitações físicas.

No que depender do técnico Teseu, Ivonei ainda vai alcançar grandes resultados. “Ele tem muito potencial. Temos algumas dificuldades logísticas — os atletas internacionais, por exemplo, têm uma equipe de apoio: nutricionista, fisioterapeuta, academia, médico —, mas o Ivonei demonstra uma grande capacidade de vencer seus limites”, avalia.

Independente de sua convocação para as Paraolimpíadas, Ivonei já tem novos desafios pela frente, o primeiro, de 12 a 16 de junho, quando ele participará da primeira etapa do Circuito Nacional, em São Paulo.

 

Acolhida com carinho

Na avaliação da coordenadora do curso de Educação Física da Unoesc Xanxerê, professora Deonilde Balduino, ao mesmo tempo em que o acadêmico Ivonei é motivado, ele incentiva seus colegas a superarem desafios.

“O Ivonei foi acolhido carinhosamente pelos seus colegas. Assim, percebemos que ele está cursando a graduação com muito entusiasmo. E por isso, esperamos que ele aproveite da melhor maneira esta oportunidade de expandir amizades, agregar conhecimentos e conviver com colegas e professores em situações de desafios e de superação”, destaca.

 


Por: Patricia Silva

Deixe seu comentário

Saiba Mais