Parque da Femi está aberto todos os dias e é opção de lazer

23 de novembro de 2018 09:52 | Comunidade , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Parque da Femi está aberto todos os dias e é opção de lazer (Fotos: Edson Zape)

Com a chegada das temperaturas mais altas e o horário de verão, muitas pessoas aproveitam o tempo extra de luz solar para realizar atividades físicas após o horário de expediente, quando o Sol já está mais baixo e as temperaturas mais agradáveis.

Além disso, muitas famílias e grupos de amigos aproveitam esse momento para se reunir e confraternizar. E, uma opção de lugar para esses encontros ou prática de exercícios em Xanxerê é o Parque de Exposições Rovilho Bortoluzzi, o Parque da Femi.

O local foi revitalizado e recebe manutenções constantes após a ExpoFemi. Além disso, conforme o secretário de Agricultura, Edson Zape (Timão), os atos de vandalismo diminuíram, o que contribui para que o Parque fique organizado.

– Nós temos uma parceria com o presídio, então, quase todos os dias tem de três a cinco detentos prestando serviços no parque como roçadas, pinturas, recolhendo o lixo e estamos conseguindo manter o local limpo e bonito para a população – comenta.

Zape comenta que a população utiliza o parque como um local de lazer e toda a estrutura está à disposição da comunidade, de forma gratuita, sendo que a Administração pede a colaboração da população também para manter o local organizado.

– Tem as churrasqueiras, as mesas no bosque e tudo está à disposição da comunidade, para quem quiser se reunir lá no fim de semana, fazer um churrasco. Reformamos os banheiros lá também, que ficam aberto só no fim de semana, para evitar que sejam depredados. Está bem bonito e à disposição da população – destaca.

Hoje, o Parque fica aberto das 7h às 19h, sendo que esse horário está sendo estudado para ser estendido, durante o verão, a pedido da população. Além disso, a Administração programa, para o mês de dezembro, um evento chamado “Um dia no parque”, que visa incentivar as famílias a utilizarem esse espaço.


Por: Alessandra Oliveira

Deixe seu comentário

Saiba Mais