Petrobras anuncia redução nos combustíveis, mas consumidor terá pouca diferença no valor final

5 de junho de 2019 09:17 | Visualizações: 549
Economia Compartilhar no Whatsapp
Petrobras anuncia redução nos combustíveis, mas consumidor terá pouca diferença no valor final Foto: Marcelo Brandt/G1

O preço do combustível sofreu uma leve queda no último fim de semana. Esse foi o anúncio da Petrobras e, agora o consumidor final aguarda pelo repasse nas bombas. Segundo o site da Agência Brasil, a gasolina teve uma redução de R$ 0,1399 por litro e o diesel, de R$ 0,1383 no valor médio às distribuidoras no país.

O preço final ao consumidor, contudo, vai variar de acordo com o local de venda do combustível, pois sobre o valor entregue pelas refinarias incidem impostos municipais e estaduais, além do custo operacional e da mão de obra e da margem de lucro das empresas.

De acordo com a presidente do Núcleo de Postos de Combustíveis de Xanxerê, Mari Tânia Tremea Agazzi, as distribuidoras repassaram parte da redução anunciada pelo governo, mas esse preço é para as refinarias e não diretamente para os postos de combustíveis.

– A baixa do preço anunciado pela Petrobras é para as refinarias, não diretamente para o posto, pois é de praxe as distribuidoras segurarem margens. Ao contrário do que ocorre quando houver aumento que é repassado de imediato e até bloqueados os pedidos até sair os reajustes para mais. Além disso, tem a questão da alíquota do imposto que difere nos estados – PMPF (Preço Médio Ponderado ao Consumidor Final). Então, em cada estado a redução terá um impacto diferente. A redução na refinaria se refere a gasolina tipo A, ou seja, sem adição de anidro que corresponde a 27%, portanto se aplica a redução apenas ao percentual da gasolina 73%. Portanto, o percentual da redução anunciada nunca chegará ao posto revendedor, consequentemente ao consumidor final – explica a presidente.

Mari Tânia ressalta ainda que a redução da gasolina que chegou ao posto está em torno de R$ 0,05 e, do diesel S-500 cerca de R$ 0,06 e que certamente serão repassados de acordo com a realidade e estoque de cada posto.


Por: Carol Debiasi

Deixe seu comentário

Saiba Mais