PM realiza segunda fase da Operação PM4MIL em Xanxerê

17 de julho de 2018 07:48
Polícia , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
PM realiza segunda fase da Operação PM4MIL em Xanxerê Foto: PM

A Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC) desencadeou nos dias 13 e 14 (sexta-feira e sábado), em todo o Estado, a segunda fase da operação “PM4Mil”.  A ação policial teve como objetivo reduzir a criminalidade, em especial, vias de fato, furto, roubo, bem como fatos relacionados com a violência contra mulheres e ingestão de bebidas alcoólicas e uso de drogas.

A primeira fase aconteceu nos dias 7 e 8, e nos dois fins de semana foram mobilizados mais de 4.000 mil policiais militares em todo o Estado.

Na região da 4ª Companhia do 2º Batalhão/Fronteira participaram desta operação 84 policiais em 7 municípios: Xanxerê, Xaxim, Abelardo Luz, Ponte Serrada, Ipuaçu, São Domingos e Faxinal do Guedes.

A Polícia Militar intensificou o policiamento através de barreiras itinerantes, voltadas à Lei Seca, bem como a fiscalização de estabelecimentos comerciais, tipo bares, bailes e similares.

 

Fiscalização Lei Seca

Nos dois finais de semana de operações, foram realizadas 1.948 barreiras de fiscalização que resultaram na abordagem de 37.911 veículos, dos quais 1.242 foram removidos por irregularidades diversas e 707 documentos foram recolhidos. Foram realizados 3.314 testes de alcoolemia que resultaram em 123 autos de constatação de sinais de embriaguez e 221 pessoas foram presas/apreendidas.

Nos dois dias de operação, na região da 4ª Companhia, resultaram em 6 pessoas presas, 4 por embriaguez ao volante, 1 por adulteração de característica e 1 por tráfico de drogas, com mais de 850 pessoas abordadas.

 

Fiscalização Estabelecimentos

Durante as duas fases da operação foram vistoriados 3.257 estabelecimentos, sendo que 351 não possuíam alvarás de funcionamento, 190 estavam com o alvará vencido e 136 não estavam respeitando o horário estipulado. Nesses locais, 22.398 pessoas foram abordadas e 88 apreendidas por motivos diversos, como porte de drogas, armas e outros.

Na região da 4ª Companhia foram 19 vistorias efetuadas em bares e similares, onde foram confeccionados 4 termos circunstanciados pelo exercício ilegal de atividade e 6 bares não possuíam alvará.


Por: Patricia Silva

Deixe seu comentário

Saiba Mais