Polícia Civil aguarda laudo para concluir investigações da morte de menina de dez anos

14 de agosto de 2018 15:07
Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Polícia Civil aguarda laudo para concluir investigações da morte de menina de dez anos Foto: Polícia Civil

Ainda no dia 13 de julho, uma menina de dez anos morreu. Desde então a Polícia Civil, por meio da Delegacia de Proteção à Criança, Mulher e Idoso- DPCAMI, acompanha o caso, já que antes da menina morrer, seu pai registrou um boletim de ocorrência por suspeita de abuso sexual.

O caso é complexo e o laudo cadavérico ainda não saiu. O pai dela foi ouvido, assim como a equipe do Hospital Regional São Paulo, que a atendeu. Porém, após a morte e repercussão da notícia, o pai voltou atrás e mudou a sua versão para a polícia.

“Ainda estamos aguardando. O laudo não saiu e ele é fundamental. O IGP não nos deu um prazo, até porque a demanda é muito grande, seguimos aguardando”, comenta o delegado Danilo Fernandes.

 

Pai muda versão

Na data do ocorrido, os familiares registraram um boletim de ocorrência alegando que a mesma teria sido vítima de abuso sexual – estupro. Isso ocorreu numa sexta-feira. Enquanto a polícia solicitou o exame de corpo de delito a menina foi à óbito. No segundo depoimento o pai alegou que teria procurado a polícia, pois uma enfermeira do hospital o orientou a registrar o boletim de ocorrência.

A menina já tinha histórico de abuso sexual e era acompanhada pelo Conselho Tutelar.

 

Caso é complexo

O caso é bastante delicado e carece de informações. O primeiro ponto é relacionado ao laudo cadavérico, fundamental para apontar as causas da morte. Pois é necessário saber se houve violência sexual e isso tem ou não, relação com a sua morte.


Por: Patricia Silva

Deixe seu comentário

Saiba Mais