Pré-candidato ao senado pelo PT visita Xanxerê

21 de junho de 2018 13:44
Assessoria de imprensa , Política , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Pré-candidato ao senado pelo PT visita Xanxerê Fotos: Divulgação

Lédio Rosa pré-candidato ao senado pelo Partido dos Trabalhadores, esteve em Xanxerê na noite dessa quarta-feira (20) reunido com lideranças petistas dos municípios da AMAI.  O pré-candidato é natural de Tubarão, sul do estado e fez carreira no judiciário, sendo juiz durante 23 anos e desembargador do Tribunal de Justiça de Santa Catarina nos últimos 10 anos. Em sua biografia constam inúmeros livros e uma insistente militância com foco no direito alternativo. Atualmente Lédio atua como advogado e professor na Universidade Federal de Santa Catarina.

O desembargador aposentado ingressou nas fileiras do PT a convite de Décio Lima, pré-candidato ao governo do estado, tendo sua filiação homologada pelo ex-presidente Lula.

Durante o encontro Lédio parabenizou o pré-candidato a deputado estadual Adriano de Martini pela coragem, afirmando que sua candidatura contribuirá para ampliar a representação dos pequenos municípios, da agricultura familiar e da juventude na assembleia legislativa catarinense, sendo notório o crescimento e força que ganha por todo o estado.

Lédio afirmou, que assumindo uma cadeira no Senado, o povo catarinense, terá nele um aliado municipalista, que atuará no sentido de fortalecer os municípios, que em sua maioria encontram-se com dificuldade para atender as demandas da saúde, educação, assistência social e outras áreas. Comprometeu-se em atuar pela revogação da reforma trabalhista e a PEC 95, que congelou por 20 os investimentos públicos em saúde, educação e outros setores, afirmando que essa medida levará ao desmonte do SUS e das universidades e institutos federais.

Ao final do evento o pré-candidato Lédio Rosa, abonou algumas novas filiações ao PT de Xanxerê e deixou um fraterno abraço aos presentes e ao povo xanxerense, e informou que seguirá em agenda pelo oeste no restante da semana.

 


Por: Alessandra Bagattini

Deixe seu comentário

Saiba Mais