Problemas com o provedor de internet? Saiba como agir nestes casos

31 de maio de 2017 14:35
Comunidade , Variedades , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Problemas com o provedor de internet? Saiba como agir nestes casos Foto: divulgação

 

Encontrar consumidor reclamando do seu provedor de internet não é uma tarefa difícil. Mas, o consumidor deve ficar atento à alguns quesitos e em casos de dúvidas, pode procurar o Procon para se informar melhor quanto a seus direitos, ou ainda, a justiça.

Quem regulamenta e verifica os parâmetros de qualidade é a Anatel, que garante que a empresa contratada deve oferecer no mínimo 80% do pacote contratado. Por exemplo, se você contrata um pacote de 10 mega, precisa receber no mínimo 8 mega. Se receber quantidade inferior, é possível pedir abatimento no valor da fatura.

A advogada Ynnanjaia Cauana Rek explica que é necessário fazer a medição da internet e ao constatar o fornecimento inferior ao contratado, deve-se procurar o Procon.

“O Procon seria o órgão competente já que trata da relação do consumidor. Então, o Procon deverá buscar mais informações com a empresa do porquê deste valor reduzido e na fatura do próximo mês deverá vir o valor também reduzido, vamos supor que veio pela metade a internet, o valor não pode ser integral, é necessária uma redução também na fatura. O Procon geralmente notifica a empresa competente para verificar se existem várias reclamações, para que a empresa não reitere neste quesito”, explica a advogada.

Winicius Pertile, coordenador do Procon de Xanxerê explica que é necessário fazer medições da internet diversas vezes ao dia, em horários alternados e salvar estas medições. A primeira orientação é buscar uma solução junto à empresa contratada e se o problema não for resolvido, buscar o Procon.

“O consumidor precisa fazer as medições, hoje é possível baixar aplicativos no smartphone ou pelo computador mesmo e conferir quanto está recebendo de internet. Se estiver recebendo abaixo do valor que a empresa precisa fornecer ele pode ser ressarcido. Orientamos primeiro que o consumidor tente conversar com a empresa e solicitar o abatimento no valor da fatura e se isso não ocorrer, deve nos procurar”, diz.

Divulgar o problema em redes sociais

Muitas vezes o problema causa irritação ao consumidor, que pode externar os seus sentimentos nas redes sociais expondo as empresas, mas a advogada alerta que esta não é a melhor solução.

“Não é o indicado, até porquê, não traz a solução para o problema. A empresa pode até tomar conhecimento do problema, mas não traria o benefício para o consumidor, ou ainda, ela pode alegar que não tinha conhecimento. Por isso o mais indicado é buscar o Procon ou até mesmo a justiça em casos de danos, sejam eles materiais ou morais”, finaliza.

 


Por: Patricia Silva

Deixe seu comentário

Saiba Mais