Procura pelo parto humanizado aumenta entre as gestantes

3 de julho de 2018 20:10 | Comunidade , Variedades , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Procura pelo parto humanizado aumenta entre as gestantes (Fotos: Alessandra Oliveira/Lance Notícias)

A busca pelo parto humanizado, uma modalidade mais natural da mulher dar a luz, tem sido cada vez mais procurado e disseminado no país. Inclusive, estão aumentando também os debates e palestras acerca do tema.

O Hospital Regional São Paulo de Xanxerê oferece essa opção às grávidas que são internadas no hospital para dar a luz. Conforme a enfermeira obstetra responsável pelo setor, Rosangela de Araújo Godoi destaca que as mulheres chegam cada vez mais informadas e procurando pelo parto humanizado no hospital.

“Temos o grupo de gestantes na instituição que procuramos orientar elas sobre a nossa rotina, mas temos aquelas que não aderem ao grupo de gestantes e chegam sem conhecer, tanto o local quanto a rotina, mas mesmo assim as mães estão chegando cada dia melhores informadas sobre o tema. Procuramos orientar elas sobre como vai ser o tempo de internamento, se já está em trabalho de parto como vamos proceder e explicando a elas as formas de abordagem da equipe médica, orientando um pouco mais sobre o nosso trabalho durante o parto humanizado e tiramos suas dúvidas”, comenta.

O hospital dispõe de uma sala para a realização do parto humanizado com diversos objetos que irão auxiliar a mulher na hora do parto para facilitar o nascimento da criança e diminuir a dor da mãe.

“Temos o espaço humanizado que pode ser feito o parto aqui, onde dispomos de vários equipamentos, temos o tatame, as cadeiras, a bola suíça e a barra de ling, onde a mulher pode se apoiar, o que ajuda na dilatação do colo uterino, temos os cavalinhos que também ajudam no trabalho de parto, colocamos som ambiente, que é a musicoterapia, temos equipamentos para fazer massagem na mulher, principalmente na região lombar, que é onde as mulheres mais sentem desconforto e dor e essa massagem é para alívio da dor. Além disso, temos também o banho terapêutico, onde elas passam um bom tempo do pré parto com água quente escorrendo nas costas, na barriga, isso é desenvolvido no quarto de pré parto e é um banho que acalma”, explica.

Cada equipe é composta por uma enfermeira obstetra e duas técnicas de enfermagem. Além disso, um acompanhante escolhido pela mulher é orientado desde o momento da internação até o nascimento do bebê, para que auxilie a mão nesse momento único.

“Sempre orientamos na internação que o acompanhante irá acompanhar toda a rotina e que vai ficar do início ao fim do processo, nós orientamos que a mulher vai ter diversas intensidades de dor para a pessoa ficar ciente. Preparamos o acompanhante desde o início do trabalho de parto até o nascimento da criança e geralmente eles são bem colaborativos. O acompanhante é essencial para acalmar a mãe, dar carinho nesse momento”.

Apesar do parto humanizado buscar a forma mais natural do nascimento, as vezes é necessário uma intervenção medicamentosa para auxiliar a mulher, sempre visando o melhor para a mãe e o bebê. Por conta disso, toda a equipe está sempre atenta durante todo o processo para garantir o bem estar dos dois.

Ademais, é importante ressaltar que a mulher precisa de acompanhamento médico durante toda a gestação que irá orientá-la sobre a melhor conduta a ser tomada no momento do parto.


Por: Alessandra Oliveira

Deixe seu comentário

Saiba Mais