Programa Rede de Vizinhos ajuda no combate ao crime em Xanxerê

17 de novembro de 2017 10:30
Comunidade , Lance Notícias , Polícia , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Programa Rede de Vizinhos ajuda no combate ao crime em Xanxerê

A segurança é um tema que está sempre em discussão na comunidade, diversos roubos e furtos vem sendo registrados em Xanxerê nos últimos meses. Com o intuito de garantir mais segurança e tranquilidade de todos, a Polícia Militar do município realiza o programa Rede de Vizinhos, no qual promove a integração entre a comunidade, para que em casos de emergência, os próprios vizinhos possam avisar sobre atitudes suspeitas nas residências vizinhas.

O Comandante da 4ª Companhia de Polícia Militar de Xanxerê Fronteira, Capitão Vilte dos Santos, destaca que há dois programas, o Vizinho Solidário e Rede de Vizinhos.

“O vizinho solidário é conhecer melhor os seus vizinhos é saber quem é quem naquela casa, se acontecer algum problema com o imóvel do vizinho, ele poderá acionar a polícia ou outros órgãos que precisar para prestar esse atendimento. O vizinho solidário é o vizinho que vai administrar. Já a Rede de Vizinhos a PM administra”, comenta o Capitão.

A Rede de Vizinhos foi adaptada para a melhor aplicação do programa.

“A Rede de Vizinhos, a Polícia Militar, acabou mudando um pouco o seu aspecto, criando um programa institucional. Ela não se distingue muito do vizinho solidário, a única diferença é que quem administra é a Polícia Militar. A PM vai até a comunidade que irá aderir essa nova metodologia, explicando como funciona, pois esse programa tem uma maneira de funcionar e regras para cumprir”.

O Capitão ainda destaca que medidas também estão sendo tomadas para o interior do município.

“Hoje está acontecendo um prévio cadastramento das famílias das comunidades rurais, até porque nós temos a Patrulha Rural, a ideia é que eles tenham o cadastro de todos os moradores do interior por comunidade e nessa comunidade um representante venha e traga para o PM o que eles precisam naquele local enquanto segurança pública, e esse representando vai estar ligado a guarnição e a central de emergência”.

A forma mais rápida para atendimento de emergência ainda é o 190.

“As pessoas não devem esquecer o número 190 que é a forma mais rápida deles serem atendidos, com esses programas a gente consegue ter essa aproximação da Polícia Militar com a comunidade”, conclui o Comandante.


Por: Alessandra Bagattini

Deixe seu comentário

Saiba Mais