Projeto de utilização do saco de lixo amarelo perde forças em Xanxerê

20 de agosto de 2018 15:11
Comunidade , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Projeto de utilização do saco de lixo amarelo perde forças em Xanxerê Foto: divulgação

Ainda em 2014 o município de Xanxerê, por meio da Secretaria de Políticas Ambientais, em parceria com a Agenda 21, orientou os moradores a utilizarem o saco de lixo amarelo biodegradável. Passados quatro anos, a adesão é mínima.

A questão da reciclagem e separação correta do lixo voltou à tona junto com a retomada do projeto das sacolas retornáveis nos supermercados. O saco de lixo amarelo, apesar de ser mais caro, é biodegradável e a sua cor também auxilia no trabalho do reciclador.

O projeto era coordenado por Rosângela Fávero, mas que por motivos de saúde se afastou da secretaria e os trabalhos acabaram perdendo forças. O objetivo era que a separação do lixo ocorresse conforme a lei nacional da separação de resíduos sólidos. Em contato com a secretaria de Políticas Ambientais nesta segunda-feira (20) se teve a informação que atualmente não há uma pessoa à frente do projeto.

Os recicladores sentem as dificuldades diariamente no seu trabalho. Encontrar itens orgânicos misturados com os recicláveis é constante. Em casos mais sérios há vidros, agulhas e itens cortantes, o que acabam gerando ainda riscos à saúde dos trabalhadores.


Por: Patricia Silva

Deixe seu comentário

Saiba Mais