Protocolo de intenções entre IFSC e Senai será intermediado pela Câmara

17 de junho de 2016 07:55
Comunidade Compartilhar no Whatsapp
Protocolo de intenções entre IFSC e Senai será intermediado pela Câmara A reunião teve como objetivo de iniciar a negociação para a aquisição de toda a estrutura do Senai em Xanxerê. (Foto: Divulgação)

Uma reunião intermediada pela Câmara de Vereadores com o apoio do Deputado Marcos Vieira, selou o interesse entre o Instituto Federal de Santa Catarina e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial, para negociação envolvendo a área onde hoje está instalado o SENAI Xanxerê. A reunião realizada no gabinete da Reitora do IFSC em Santa Catarina, Maria Clara Kaschny Schneider, contou com a presença também do Diretor Técnico do Senai, Mauricio Cappra Pauletti, da Diretora Executiva do IFSC, Silvana Rosa Lisboa de Sá, e do Presidente da Câmara de Vereadores de Xanxerê, Wilson Martins dos Santos.

A reunião proposta pelo legislativo xanxerense teve como objetivo de iniciar a negociação, entre as duas entidades, para a aquisição de toda a estrutura do Senai em Xanxerê, localizada no Bairro Veneza, pelo Instituto Federal de Santa Catarina, para ampliar as atividades do Campus no município. O referido Campus, que atende estudantes de toda a região da amai, está com projetos de ampliação de oferta de cursos, mas com problema pela falta de espaço físico para abrigá-los. Com um processo de construção de um novo edifício em andamento, caso a negociação venha se concretizar, o mesmo será abolido e os cursos serão alocados nas dezenas de salas existentes na estrutura do Senai.

Segundo a reitora Maria Clara, há todo o interesse do IFSC na negociação da referida área. “Precisamos encontrar o meio exato para que isso seja concretizado, mas com certeza temos todo o interesse que a negociação seja efetiva. Estamos com um problema de falta de espaço na estrutura atual e precisamos urgentemente encontrar uma solução. A construção de um prédio está sendo trabalhada, mas caso a negociação aconteça, teremos espaço e tempo para trabalhar uma estrutura que vá suportar a demanda por um longo período”, declarou a reitora.

O diretor técnico do Senai, Mauricio Cappra, disse que o Senai e o Sistema Fiesc tem interesse na negociação. “Precisamos agora, reunir os interessados e alinhavar de que forma esta negociação pode ser efetivada. Sabemos que é complicada, por se tratar de dois órgãos com regras semelhantes, e rígidas, em relação a compra e venda de imóveis de sua propriedade, mas podemos encontrar soluções, inclusive com a permuta de áreas de propriedade da federação, que seja de interesse do Senai”, declarou o diretor.

Intermediador da reunião, o presidente da Câmara de Vereadores, Wilson Martins dos Santos, em nome do legislativo municipal sugeriu um protocolo de intenções entre as duas entidades para formalizar o interesse de ambas as partes na negociação. O protocolo foi aceito e será formalizado e assinado em um próximo encontro. “Xanxerê já é polo regional de educação, e essa ampliação das atividades do IFSC vai fortalecer ainda mais o setor que já atende estudantes dos mais variados municípios. Vale lembrar que apesar do Senai ter interesse na negociação de sua sede, não significa que o mesmo vai reduzir sua atuação no município. Bem pelo contrário. O projeto do Sistema Fiesc passaria a construção de uma sede própria, no Bairro Castelo Branco, que abrigaria o SESI e o SENAI”, declarou Wilson Martins dos Santos.

O deputado Marcos Vieira destacou que esse é o primeiro passo para que o processo siga em frente e tenha um final feliz. “É preciso primeiro a intenção das duas partes e esse protocolo vai firmar isso. Após essa assinatura a equipe técnica entra no circuito para encontrar a melhor forma para que a negociação seja concretizada”, finalizou o deputado. (Assessoria de imprensa).


Por: Alessandra Bagattini

Deixe seu comentário

Saiba Mais