Provocar incêndio em mata ou floresta é crime ambiental. Bombeiros explicam

14 de agosto de 2019 15:42 | Visualizações: 115
Bombeiros , Comunidade , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Provocar incêndio em mata ou floresta é crime ambiental. Bombeiros explicam

Colocar fogo em lixo e em entulhos é uma prática comum na população, mas, o que, na hora, pode parecer uma solução, depois, se apresenta como problema. Constantemente o Corpo de Bombeiros é acionado para conter chamas que fogem ao controle e ameaçam avançar na direção de casas. Os órgãos de segurança alertam contra essa prática, principalmente em terrenos baldios tomados por mato.

Nesta época do ano, a vegetação encontra-se seca e em condições favoráveis a propagação de incêndios florestais que podem ter consequências graves. As queimadas, além de ilegais, podem trazer prejuízos irreparáveis ao meio ambiente e à comunidade.

Na última semana, por exemplo, um incêndio que iniciou na vegetação rasteira acabou atingido quatro residências, sendo que três foram completamente destruídas com as chamas. Diante disso, o Corpo de Bombeiros de Xanxerê esclarece o fato e dá algumas dicas à população. Confira no vídeo:

 

 

Crime

De acordo com a Lei n. 9.605/98, artigo 41, provocar incêndio em mata ou floresta, pode acarretar em:

  • Pena – reclusão, de dois a quatro anos, e multa.
  • Parágrafo único: se o crime é culposo, a pena é de detenção de seis meses a um ano, e multa.

 


Por: Alessandra Bagattini

Deixe seu comentário

Saiba Mais