Psicóloga do IFSC de Xanxerê oferece Plantão Psicológico aos alunos

A psicóloga atende aos alunos durante o horário de intervalo duas vezes por semana

21 de junho de 2018 11:19
Comunidade , Educação , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Psicóloga do IFSC de Xanxerê oferece Plantão Psicológico aos alunos

Desde que chegou no campus de Xanxerê do Instituto Federal de Santa Catarina a psicóloga Cristina Folster Pereira tenta estreitar os laços entre a sua função e os alunos do instituto. Diante disso, ela criou o plantão psicológico, onde atende os alunos em horário diferenciado.

O plantão psicológico acontece todas as segundas e quartas-feiras, das 12 às 14 horas. Esse horário foi escolhido por ser durante o intervalo dos alunos que tem aula durante o dia todo.

“Quando cheguei aqui em janeiro percebi que os alunos não tinham muito esse contato com um psicólogo, era necessário agendamento ou alguém indicar e também alguns se sentiam envergonhados de vir. Durante o plantão eu fico na sala de atendimento individual com a porta aberta disponível para eles. Não precisa agendar, é só chegar e ele vai ser acolhido”, comenta a psicóloga.

Cristina comenta ainda que durante esses atendimentos as vezes ela consegue identificar a necessidade de mais atendimento ou também de um acompanhamento integral. Nesses casos ela mesma faz o encaminhamento para a rede.

“No começo não vinha ninguém, mas agora os alunos estão procurando bastante. Comecei a divulgar mais para falar um pouco sobre como é o meu trabalho, para mostrar para eles também para eles criarem essa cultura de procurar um psicólogo quando for preciso e que isso não significa necessariamente um problema. E agora eles já estão utilizando bastante esse serviço”.

Problemas mais frequentes atendidos por Cristina no IFSC são relacionados a ansiedade. Quanto aos alunos mais novos, muitos demoram um pouco mais para se adaptar com a nova rotina de estudos e a procuram por pensarem em desistir do curso.

“O que tem mais relatos deles é a ansiedade, que acabam influenciando nas notas, no desempenho do aluno. Alguns tem crises de ansiedade e eu estava percebendo que tinham alunos muito ansiosos e isso estava prejudicando o desempenho deles aqui, por isso montei e estou na segunda edição de um grupo que é para esses alunos com ansiedade, onde eles passam por um atendimento individual e depois eu trabalho essas questões em grupo com dicas, exercícios, dinâmicas para que eles possam amenizar essa ansiedade e que ela não atrapalhe mais”, explica.

Outro ponto trabalhado pela psicóloga é a depressão. Ela comenta que muitos alunos a procuram porque estão deprimidos e ficam preocupados. Ela comenta que isso ainda não é depressão, mas que trabalha com eles para que o quadro não evolua.


Por: Alessandra Oliveira

Deixe seu comentário

Saiba Mais