PSOL realiza plenária intermunicipal em Xanxerê

20 de setembro de 2017 10:40
Comunidade , Lance Notícias , Política , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
PSOL realiza plenária intermunicipal em Xanxerê

O PSOL realiza neste sábado (23), plenária intermunicipal com seus filiados em Xanxerê, Chapecó e Xaxim, para discutir seu posicionamento em relação à conjuntura política nacional e eleger delegados ao Congresso Estadual do partido. O encontro contará com a participação de lideranças estaduais da agremiação, como o vereador da capital Afrânio Boppré.

Agendada para as 19 horas, na Rua Rui Barbosa, em frente a Câmara de Vereadores de Xanxerê, a plenária intermunicipal insere-se no processo do Congresso Estadual do PSOL/SC, que será realizado nos dias 21 e 22 de outubro, em São José, e do 6º Congresso Nacional do PSOL, que acontecerá nos dias 1, 2 e 3 de dezembro de 2017 em Luziânia/GO.

O 6º Congresso Nacional do PSOL debaterá e aprovará resoluções sobre a situação política nacional e a preparação do partido para as Eleições 2018. Crítico as políticas que o governo do presidente Michel Temer vem implementando, como a reforma trabalhista já aprovada no Congresso Nacional, e a reforma previdenciária, que está em tramitação, o PSOL sustenta que tais medidas retiram direitos da classe trabalhadora, aprofundando a crise que penaliza as camadas mais pobres da população.

Para o PSOL, medidas como o congelamento dos investimentos públicos por 20 anos, o retrocesso em relação à exploração do pré-sal, a destruição dos direitos assegurados na CLT, a tentativa de entrega da Amazônia aos megaempreendimentos de mineração e as iniciativas para a privatização da Casa da Moeda, Eletrobrás e aeroportos inserem-se num contexto de entrega da soberania nacional ao grande capital internacional.

Aliadas a isso, as diversas denúncias de corrupção na Operação Lava Jato e outras envolvendo o presidente da república, ministros, parlamentares e figuras públicas dos maiores partidos, como o PMDB, PSDB, PP, PSD e PT significam, para o PSOL, que este governo e esse Congresso Nacional são ilegítimos e não contam com o apoio da população para prosseguirem definindo os rumos do país.

Por isso o PSOL defende o Fora Temer e a imediata convocação de eleições diretas para presidente, a revogação de todas as medidas lesivas ao povo brasileiro aprovadas pelo governo Temer e Congresso Nacional, e a punição de todos os corruptos. Neste sentido, o PSOL empenha-se na construção de uma alternativa democrática, popular e socialista para o Brasil e está discutindo com suas bases e com movimentos sociais um programa alternativo para o país.

A agenda do PSOL no oeste catarinense conta com atividades do partido neste final de semana também em Abelardo Luz e Concórdia.

 

Assessoria de Imprensa


Por: Alessandra Bagattini

Deixe seu comentário

Saiba Mais