Quartel dos bombeiros de Faxinal dos Guedes é fechado por tempo indeterminado

17 de março de 2019 13:30 | Visualizações: 1006
Bombeiros , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Quartel dos bombeiros de Faxinal dos Guedes é fechado por tempo indeterminado Foto: Divulgação

O quartel do Corpo de Bombeiros localizado em Faxinal dos Guedes será fechado por tempo indeterminado. O fato ocorreu após dois servidores, que atuavam na unidade e eram cedidos pela Prefeitura, serem retirados. A informação foi repassada pelo major André Luiz Grigulo.

– O operacional vai fechar até que tenhamos profissionais da Prefeitura habilitados. Foi conversado com o prefeito e ele está recolhendo dois dos três funcionários da Prefeitura que trabalham no operacional. Com isso a gente fica com o efetivo bem reduzido. Segundo o que informou o prefeito, ele estaria com dificuldades no efetivo de saúde e de máquinas, por isso fez esse recolhimento e nós sugerimos que seja feito um novo concurso – comenta.

Com essa mudança, o Corpo de Bombeiros de Xanxerê passa a atender as ocorrências registradas em Faxinal dos Guedes.

– Agora, a corporação de Xanxerê atende também o município de Faxinal dos Guedes, com um tempo resposta de 15 minutos, que é o tempo deslocamento. Vamos seguir assim por tempo indeterminado, até que seja contratado novos funcionários por parte da Prefeitura – explica o Major.

Prefeitura comenta

O prefeito em exercício de Faxinal dos Guedes, Gilberto Angelo Lazzari, se pronunciou informando que mesmo com a retirada de dois profissionais, outros três permaneceriam no quartel, além de um quarto funcionário capacitado e efetivo que estaria à disposição para ajudar.

– Oferecemos outro motorista, então dois que a gente tirou, colocamos outro que também é efetivo como motorista, um bom motorista também, mas como na Prefeitura não tem muito serviço para ele, a gente iria colocar à disposição. Tem que unir o útil ao agradável. Precisamos fazer gestão e pensar se o funcionário não está desempenhando e produzindo o que ele tem que produzir, se não, vamos colocar em outro lugar onde dá certo – explicou o prefeito ao Oeste Mais.

 


Por: Patricia Silva

Deixe seu comentário

Saiba Mais