Região de Xanxerê terá maior produção de soja do Estado

2 de abril de 2018 09:00 | Agricultura , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Região de Xanxerê terá maior produção de soja do Estado (Foto: Alessandra Oliveira/Lance Notícias)

O período chuvoso pelo qual a região Oeste de Santa Catarina passa está atrapalhando muitos produtores rurais que precisam realizar a colheita da soja. Em Xanxerê, dos cerca de 18 mil hectares plantados, 13 mil são ocupados por soja e os outros 5 mil por milho para grão e silagem.

A área plantada no estado de Santa Catarina já é de 708 mil hectares e a produtividade esperada é de 3,5 toneladas/hectare. Segundo as estimativas do Centro de Socioeconomia e Planejamento Agrícola (Epagri/Cepa), a região de Xanxerê terá a maior produção do Estado, com 522 mil toneladas colhidas – um crescimento de 6% em relação a última safra.

Conforme o extensionista da Epagri de Xanxerê, Alexandre Bortoluzzi, esse período de chuva está atrapalhando bastante a colheita do grão. Ademais, isso não deve atrapalhar a safra e a expectativa é que ela supere a safra do ano anterior.

“A chuva atrapalhou muito, o pessoal está praticamente ‘roubando’ o soja da lavoura porque o tempo não permite a colheita. Semana passada alguns dias amanheceram com sol, mas choveu a tarde, ai já estraga a colheita. Em Xanxerê a safra foi muito boa, superando a do ano passado e o único problema está sendo a colheita, mas a safra foi cheia”, explica.

Segundo Alexandre, o período chuvoso ainda não oferece grandes riscos de perda de produção para o produtor, apenas uma pequena redução. “Agora precisa ver como fica a qualidade do grão, depende do tempo, tem que ver como vai ficar agora, mas por enquanto não tem problema de ter apodrecido o grão na lavoura, só estão com dificuldade para colher, então os produtores precisam esperar quando dá uma estiagem para colher. Vai ter uma redução, mas mesmo assim vai fechar uma safra superior a do ano passado”, comenta.

Em Santa Catarina, três regiões concentram 56% da área plantada de soja: Canoinhas, Curitibanos (que inclui Campos Novos, maior produtor do estado) e Xanxerê.

Com informações do Governo do Estado de Santa Catarina


Por: Alessandra Oliveira

Deixe seu comentário

Saiba Mais