Relação contemporânea de pais e filhos é tema de palestra da Secretaria de Educação

11 de outubro de 2016 16:11
Comunidade , Educação , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Relação contemporânea de pais e filhos é tema de palestra da Secretaria de Educação (Foto:Divulgação)

A relação entre pais e filhos passa por uma transformação de costumes, basicamente motivada pelo avanço tecnológico.  O diálogo, que até pouco tempo era rotina entre as famílias, divide agora espaço com as conversas nas redes sociais, as quais sobrecarregam as crianças com tantas informações que podem gerar transtornos, entre os mais comuns estão o déficit de atenção e a hiperatividade.

Pensando em orientar os pais – com filhos da rede municipal de ensino – sobre este tema, a Secretaria Municipal de Educação de Xanxerê promoveu na noite da segunda-feira (10), no auditório do Costa e Silva, palestra com o psicólogo Junior Chisté. Segundo Chisté, crianças a partir de sete anos já estão sendo medicadas por causa do uso frenquente de aparelhos eletrônicos.

– Hoje com três anos a criança recebe uma enxurrada de informações que promovem o déficit de atenção, ansiedade e depressões precoces. As crianças estão sendo medicadas muito cedo devido aos transtornos  provocadas pelo não controle de pais, que não sabem dizer não. Explicou

Para o psicólogo o dialogo é fundamental nesta relação contemporânea entre pais e filhos.

– Falta dialogo na família, principalmente dos pais com seus filhos. É necessário que os pais imponham limites no uso de tecnologias. Precisamos resgatar alguns princípios que se perderam nas últimas décadas, como o respeito com as pessoas, na sala de aula, ou simplesmente sentar à mesa para falar sobre dia.  Essas ações simples irão proporcionar a formação de pessoas mais preparadas emocionalmente para o futuro. Concluiu. (Assessoria de imprensa)


Por: Alessandra Bagattini

Deixe seu comentário

Saiba Mais