SC-480 e SC-155 serão contempladas com a Operação Tapa-Buraco

2 de abril de 2016 10:32
Estrada Compartilhar no Whatsapp
SC-480 e SC-155 serão contempladas com a Operação Tapa-Buraco Imagem meramente ilustrativa (Foto: Eliane Teles/Lance Notícias)

Os 40 quilômetros de extensão da SC-480 que compreende o trevo da Femi, em Xanxerê, até o Posto da Polícia Rodoviária Estadual, em Bom Jesus, e a SC-155, que vai de Bom Jesus até o trevo do Rincão Torcido, no município de Abelardo Luz, começam a receber nesta semana, em caráter emergencial, a Operação Tapa-Buraco.

O secretário executivo da Agência de Desenvolvimento Regional de Xanxerê, Edegar Giordani, participou de uma reunião na tarde de segunda-feira, 29, no Departamento Estadual de Infraestrutura (Deinfra), para serem alinhadas ações de melhorias no trecho. A preocupação é com a segurança dos motoristas que trafegam no local. “Estive percorrendo um trecho da SC e observei muitos buracos na pista, o que pode gerar acidentes. Junto ao Deinfra, buscamos a solução imediata para este problema”, explicou Giordani.

A empresa com contrato em vigor junto ao Deinfra estará transferindo o maquinário ainda nesta semana para que seja realizada a recuperação da rodovia.

Manutenção de todas as SCs

As estradas estaduais pavimentadas que compreendem a Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Xanxerê somam cerca de 170 quilômetros. O Governo do Estado irá investir nas próximas semanas cerca de R$ 500 mil na manutenção e conservação da extensão. Entre as ações, está a limpeza de sarjetas, roçada e tapa-buracos nos locais mais críticos.

O gerente de Administração, Finanças e Contabilidade, Jader Adriel Danielli, explicou que a agência desenvolve com frequência ações como esta onde a finalidade é proporcionar condições de trafegabilidade para os motoristas. “O fluxo de veículos é grande nas estradas estaduais da região de abrangência da ADR de Xanxerê, especialmente os veículos pesados que fazem o escoamento da produção. É por isso que precisamos manter em dia os trabalhos nesta área e ainda garantir a segurança dos usuários das vias”, destaca.

Fonte: Assessoria ADR

 


Por: Direto da Redação

Deixe seu comentário

Saiba Mais