Secretaria de Saúde alerta sobre aumento de doenças diarreicas em Xanxerê

9 de janeiro de 2019 14:15
Saúde , Variedades , Verão , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Secretaria de Saúde alerta sobre aumento de doenças diarreicas em Xanxerê Foto: Guia da Farmácia

Com a chegada do verão é comum o aumento no consumo de alimentos e bebidas, alguns de procedência duvidosa, acabam resultando em doenças como a diarreia, explica a Secretaria de Saúde de Xanxerê.

De acordo com a responsável pelo setor da Vigilância Epidemiológica, Francis Mara Pegoraro, o setor emitiu um alerta sobre o aumento no número de casos de doenças diarreicas em Xanxerê.

– Na última semana do mês de dezembro, foi registrado um aumento no número de casos de pessoas com diarreia, em comparação com os meses de setembro e outubro – pontua Francis Mara.

O número de casos cresce nesta época do ano em função do aumento da temperatura e consumo de alimentos e bebidas em excesso, de procedência duvidosa, mal conservados ou contaminados.

– O contato com água imprópria para banho e aumento na circulação de vírus e bactérias acabam também causando este tipo de doença. Além disso a enfermidade está ligada a diversos patógenos como: o rotavírus, norovírus, salmonela, schigella, entre outros    – observa.

Esses patógenos são transmitidos devido ao preparo incorreto de alimentos e ao consumo de bebidas tanto água como suco e até gelo de procedência duvidosa, além da falta de higiene pessoal na hora de manipular os alimentos.

– A principal manifestação da doença é o aumento no número de evacuações, ou fezes aquosas ou de pouca consistência, normalmente acompanhado de náuseas, vômitos, febre e dores abdominais. Em alguns casos pode haver presença de muco e sangue nas fezes – ressalta.

A orientação para a população caso alguns dos sintomas seja identificado, é para não realizar a automedicação, mas sim procurar as unidades de saúde, para realizar um tratamento adequado.

– Em casos de surto a pessoa deve acionar a Vigilância Epidemiológica, para que possamos realizar uma investigação e poder identificar quais são os alimentos ou agentes causadores da diarreia – ressalta.

 

Medidas de prevenção para evitar diarreia

– Não consumir alimentos que estejam fora do prazo de validade estabelecido pelo fabricante, mesmo que a aparência seja normal;

– Não consumir alimentos em conserva cuja embalagem esteja estufada ou amassada;

– Evite comer carne crua ou mal passada;

– Só tomar leite fervido ou pasteurizado;

– Embale adequadamente os alimentos antes de guardar na geladeira;

– Higienizar frutas, legumes e verduras com solução de hipoclorito a 2,5% (diluir uma colher de sopa de água sanitária para um litro de água por 15 minutos, lavando em água corrente em seguida para retirar resíduos);

– Lave os utensílios de cozinha, especialmente depois de ter lidado com alimentos crus;

– Lavar frequentemente as mãos com água e sabão, especialmente após utilizar o sanitário, antes de se alimentar, preparar ou manipular os alimentos;

 


Por: Direto da Redação

Deixe seu comentário

Saiba Mais