Separação incorreta de lixo prejudica trabalho de recicladores de Xanxerê

3 de abril de 2018 09:29 | Comunidade , Lance Notícias , Meio Ambiente , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Separação incorreta de lixo prejudica trabalho de recicladores de Xanxerê (Fotos: Patrícia Silva/Lance Notícias)

A preservação do meio ambiente é um dos assuntos que vem à tona quando se fala em separação correta do lixo. Uma das ações mais importantes para diminuir a quantidade de resíduos nos aterros sanitários, é o descarte adequado dos materiais, que também contribuem para a renda de muitas famílias de Xanxerê.

Adão Moreira, que trabalha na Associação de Recicladores Vida Nova do município, destaca que grande parte dos xanxerenses não separam o lixo e isso faz com que a renda de aproximadamente 11 famílias seja menor.

“O pessoal de Xanxerê não separa o lixo. Está sempre tudo misturado. O que dá mais dinheiro para nós são as latinhas e os pets, mas esses materiais estão sempre misturados com lixo de cozinha e até de banheiro”, destaca.

Muitas dúvidas surgem na hora de separar os resíduos, pois existem alguns materiais da categoria de resíduos secos que também não podem ser reciclados. O lixo seco representa os resíduos recicláveis, já o lixo úmido corresponde aos não recicláveis.

“Nós gostaríamos de pedir para que a população colabore com nosso trabalho, nós sempre perdemos muitos materiais porque não conseguimos mais separar depois que recolhemos e tudo isso acaba indo para o aterro sanitário”, comenta Adão.

O cuidado em casa e nas empresas faz toda a diferença para o reaproveitamento dos materiais e também na proteção dos recicladores. “Nós já recebemos pouco material então eu gostaria de reforçar para as pessoas tomarem mais cuidado na hora de fazer a separação do lixo, pois isso acaba prejudicando o nosso trabalho”, conclui.


Por: Alessandra Bagattini

Deixe seu comentário

Saiba Mais