Série de reportagens: Secretaria de Assistência Social avalia trabalhos realizados

12 de dezembro de 2017 15:47
Comunidade , Variedades , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Série de reportagens: Secretaria de Assistência Social avalia trabalhos realizados Foto: Alessandra Bagattini/Lance Notícias

O LANCENOTICIAS.com.br iniciou um trabalho de divulgação sobre o que foi feito pelas Secretarias e Departamentos da prefeitura de Xanxerê no ano de 2017. O objetivo é divulgar quais foram os principais avanços e benefícios para o município. A reportagem de hoje traz a Secretaria de Assistência Social de Xanxerê.

A pasta segue os comandos do Secretário de Assistência Social, Olci Leonardo. Ele destaca que apesar da crise financeira, nenhum serviço foi fechado durante esse ano.

“Em 60 dias que estamos na Secretaria, nós buscamos de fato é manter os programas que já estavam em andamento, até porque assumimos em um período em que já estava uma redução de gastos, o orçamento já estava terminado então procuramos manter isso. Apesar das crises financeiras, nós conseguimos atender todos os usuários nas necessidades que eles precisam, estamos conseguindo prestar esse atendimento para a população. Não fechamos nenhum serviço, tivemos alguns avanços e teremos novidades para o próximo ano”, disse.

A execução do programa Leite Pão Amigo, que agra pertence para a Assistência Social, é uma das prioridades para o secretário. “Estamos trabalhando incansavelmente para relançar o Leite Pão Amigo, mas o programa segue em andamento e temos os prazos para cumprir. A questão orçamentária é umas nossas maiores dificuldades e isso faz com que ficássemos um pouco engessados e devido isso, priorizamos os casos mais necessários e que devem ser atendidos”.

Além do Projeto Família Acolhedora, do Programa Leite Pão Amigo, para 2018, um projeto vai beneficiar os idosos. “Para o ano que vem, vamos pôr em prática um projeto relacionado aos o idoso, tem algumas coisas que serão reorganizadas e reconstruídas. Teremos muitas novidades”, conclui o Secretário.


Por: Alessandra Bagattini

Deixe seu comentário

Saiba Mais