“Somos o mandato que mais apresentou propostas de projetos”, diz o vereador Adriano de Martini (PT)

11 de abril de 2016 08:04
Política Compartilhar no Whatsapp
“Somos o mandato que mais apresentou propostas de projetos”, diz o vereador Adriano de Martini (PT)

Nesta segunda-feira (11) inicia-se uma série de reportagens com os vereadores xanxerenses. Neste espaço, eles terão a oportunidade de expor seus projetos e fazer uma avaliação do seu mandato. Para hoje o vereador Adriano de Martini conversou com o Lance Notícias, acompanhe a entrevista:

 

Lance Notícias- De que forma avalia seu mandato como vereador em Xanxerê?

Adriano: Avaliamos o mandato como muito positivo e produtivo. Essa foi a nossa primeira experiência em cargo público e entendemos que na medida do possível estivemos a altura da responsabilidade depositada em nós. Em todas as reuniões, seja nas comunidades, seja com lideranças gerais que acompanharam nosso mandato, as avaliações sempre vieram na linha construtiva, mas muito mais também na linha de continuidade do bom trabalho que vem sendo desenvolvido.

Além disso, conseguimos dar oportunidade a 3 colegas de partido que puderam também mostrar seu trabalho junto ao legislativo. Estamos sempre à disposição da comunidade, conseguimos ter boa frequência no horário de expediente da Câmara, dedicando meio período exclusivamente para a vereança. Com isso muitas demandas e proposições surgem, pois a comunidade sabe do nosso compromisso e nos procura. Sabemos que ainda existem muitos desafios, pois não temos o poder de executar e muitas vezes os encaminhamentos esbarram em outro poder, mas mesmo assim, avaliamos como positiva essa experiência de representação dos xanxerenses no legislativo municipal e é gratificante ver o retorno e saber que nosso trabalho tem feito a diferença no município.
Lance Notícias- Falando sobre projetos de sua autoria que foram apresentados na Câmara de Vereadores, quais gostaria de destacar e que foram aprovados?

Adriano: Somos o mandato que mais apresentou propostas de projetos, moções, indicações e requerimentos nessa legislatura 2013-2016. Tudo o que construímos e apresentamos foi fruto das demandas das comunidades e pessoas a partir de um amplo processo de escuta e presença em diferentes espaços e setores da sociedade xanxerense. Ao todo foram 478 propostas, sendo 31 projetos de lei, 36 requerimentos, 98 moções e 318 indicações. Fica até difícil em meio a tanto trabalho destacar uma ou outra proposição. Sem dúvidas travamos muitos debates importantes para o município, mas podemos fazer alguns apontamentos.

Cabe destacar todo o processo junto às comunidades do interior, especialmente quanto à questão das estradas, o que resultou em diversas denúncias e proposições ao Executivo, sempre com o acompanhamento das próprias comunidades. Neste caso, em grande medida o trabalho não pode ser contabilizado em números e nem sempre tem o devido destaque.

Os trabalhadores urbanos foram também um público que acompanhamos muito. Tanto os servidores públicos municipais como os trabalhadores de diferentes seguimentos estiveram em nossas pautas de defesa. Reconhecemos o trabalho das muitas entidades e sindicatos e agora, assim como fizemos em 2013, no caso da Lei da Ficha Limpa que foi aprovada pelo Plenário da Câmara, também estamos auxiliando na arrecadação de assinaturas para uma Lei de Iniciativa Popular que irá regulamentar os horários no comércio de Xanxerê, pois entendemos que os trabalhadores merecem cada vez mais direitos e tempo para conviverem bem com suas famílias, e o domingo, é o dia que não podemos renunciar para estarmos junto de quem amamos e investir em outras formas de lazer. Tivemos três projetos aprovados neste sentido que criam: a Semana da Família, a Semana em Saúde do Trabalhador e a Semana da Agricultura Familiar, que trazem muitas informações e debates referentes a esses contextos.

Outro setor que nos dedicamos nestes 3 anos foi em relação a juventude. O primeiro projeto que deu entrada nesta legislatura é justamente o projeto que cria o Conselho Municipal de Juventude, que também foi de nossa autoria, juntamente com o vereador Fernando. Além disso, encabeçamos uma importante alteração na Lei Orgânica Municipal que agora reconhece também essa parcela da população (juventude) como sujeita de direitos. Foram diferentes debates e atividades juntamente com esse público atendendo suas demandas.

Nos dedicamos muito também a fiscalização das ações do Executivo. Estivemos acompanhando o desenvolvimento de diferentes obras em nosso município, a maioria fruto de recursos do Governo Federal. Propomos diferentes alternativas para os casos do Saneamento Básico, a duplicação da BR 282, Chácara 264 no bairro Bela Vista, asfaltamento de ruas da cidade (que gerou até mesmo a abertura de uma CPI), além de construções e ampliações de escolas, ginásios, postos de saúde, etc.

Também tivemos muita atuação junto aos Conselhos comunitários representando a Câmara de Vereadores. Destacamos o Conselho Municipal da Educação, Conselho Municipal de Desenvolvimento Econômico, Conselho Municipal de Trânsito, Conselho Municipal das Pessoas com Deficiência e Conselho Municipal de Meio Ambiente.

Enfim, foram diferentes atuações e proposições em distintos seguimentos. Procuramos atender bem a todas as pessoas e comunidades que nos procuraram, trabalhando a altura da responsabilidade a nós delegada pela população xanxerense. Apenas em sessões atípicas e em pouquíssimos casos, deixamos de usar a Palavra Livre na Tribuna da Câmara de Vereadores, para que a voz das comunidades estivesse ali representada. Procuramos construir um mandato bem atuante e ativo e acreditamos que estamos cumprindo com nossos compromissos apresentados na campanha em 2012 e que garantiram nossa eleição.
Lance Notícias- Quais projetos não foram aprovados e como vê isso?

Adriano: Tivemos um único projeto rejeitado, inclusive era uma proposta de campanha do Executivo Municipal não cumprida, que deu entrada na Câmara como Projeto de Lei Ordinária (L) 13/2015 de 05/10/2015, e que garantia que a entrada das propriedades dos agricultores também fosse entendida como estrada pública e de responsabilidade da Prefeitura em fazer sua manutenção.

No mais foram poucas as proposições rejeitadas, muitas vinham a partir da concepção de mundo e de civilização de cada vereador. Dessas poucas que foram reprovadas conseguimos fazer os devidos debates com as entidades e grupos que ajudaram nas proposições e outros encaminhamentos políticos na esfera social foram dados.

Das 318 indicações que apresentamos quase que a totalidade foram aprovadas. No entanto, como compete à Prefeitura colocar em prática as propostas, poucas saíram do papel, mas, mesmo assim, não deixamos de apresentar as reivindicações da comunidade e sugestões para melhorar a ação da Prefeitura para os cidadãos xanxerenses.

Lance Notícias- Em relação a viagens, quantas você realizou como vereador e isso resulta em quanto para os cofres públicos e de que forma estas viagens interferiram nos projetos aprovados?

Adriano: Nosso trabalho está pautado pela transparência nas ações. Todas as viagens tiveram aprovação pelos colegas vereadores e os resultados foram publicados na nossa página do facebook , bem como no site da Câmara de Vereadores divulgadas nos meios de comunicação locais.

Nesses 3 anos, conforme está disponível no Portal da Transparência , realizamos 13 viagens, totalizando um valor de R$ 22.627,30. Sem dúvidas, as informações que recebemos em cada viagem ajudou a darmos os devidos encaminhamentos com maior segurança. Não foi a toa tantas cobranças que fizemos ao Executivo dos projetos já em execução, além de sugerirmos novas possibilidades de recursos ou da consolidação de alguns, como, apenas para citar um exemplo, no caso dos R$150.000,00 destinados para reforma do posto de saúde do Bairro São Romero que foi fruto de um pedido nosso junto ao deputado federal Pedro Uczai.

Lance Notícias- Sobre sua carreira política, quais os próximos passos, deve buscar a reeleição ou trabalha na busca de outro cargo público?

Adriano: Entendemos que o espaço do legislativo é muito importante para dar voz aos anseios da comunidade, legislar e propor alternativas para melhorar o nosso município, bem como, fiscalizar as ações do Poder Executivo Municipal, a qual, consideramos a principal função do representante eleito pelo voto popular.

Temos a responsabilidade e o compromisso com a comunidade xanxerense até o final de 2016, quando finda nosso mandato. No entanto, estamos nos colocando com pré-candidatura à reeleição para vereador nas eleições desse ano, com o intuito de continuar nossa atuação popular e trabalho junto ao legislativo municipal.

Os outros vereadores serão divulgados na sequencia, um por dia.


Por: Patricia Silva

Deixe seu comentário

Saiba Mais