Tensão pré-menstrual: quando buscar ajuda profissional?

15 de agosto de 2018 09:27
Comunidade , Saúde , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Tensão pré-menstrual: quando buscar ajuda profissional? Imagem Ilustrativa (Foto: Divulgação)

A síndrome da tensão pré-mentrual, que pode aparecer em qualquer momento da vida, durante o período fértil da mulher, pode acometer em torno de 5 a 8% das mulheres.

Os sintomas variam de moderados a severos e, conforme a ginecologista Mara Gritti, ela pode se tornar prejudicial quando começa a interferir no cotidiano da mulher, seja no trabalho, vida social, estudos e relacionamento.

É necessário procurar um profissional quando a mulher apresenta sintomas de difícil controle como: compulsão alimentar; humor deprimido ou euforia; labilidade afetiva; irritabilidade; desinteresse por atividades usuais; perda de energia; dificuldade de concentração; insônia ou hipersonia; descontrole emocional; sintomas físicos gerais.

“Em casos que os sintomas se apresentam de forma severa, se faz necessária uma intervenção medicamentosa, para reduzir esses sintomas e melhorar a qualidade de vida da mulher e também reduzir o impacto nas atividades sociais e de relacionamento”, explica a ginecologista.

De forma geral, é indicado que as mulheres busquem atividades como meditação e exercícios físicos, que auxiliam no relaxamento e diminuição dos sintomas. Além disso, manter uma dieta rica em fibras e pobre em gordura e sal, evitar bebidas à base de cola e que contenham xantinas como café, chá e bebidas alcoólicas.

“Em casos refratários é necessário o uso de medicações que vão desde o uso de diuréticos até antidepressivos e ansiolíticos e pílulas de uso continuo”, conclui.


Por: Alessandra Oliveira

Deixe seu comentário

Saiba Mais