Termômetro e medidor de pressão com mercúrio estão proibidos

3 de janeiro de 2019 18:20
Comunidade , Saúde , Variedades , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Termômetro e medidor de pressão com mercúrio estão proibidos Foto: Agência Brasil

Desde 2010 existe a Lei estadual (de SC) que proíbe em todo o país a fabricação, importação e a comercialização de termômetros e aparelhos para verificar a pressão arterial que utilizam coluna de mercúrio para diagnóstico em saúde, mas somente em 2019 a partir da Resolução da Diretoria Colegiada (RDC) 145 de 2017 entrou em vigor. A medida, publicada no Diário Oficial da União em março de 2017, também inclui a proibição do uso desses equipamentos em serviços de saúde, que deverão fazer o descarte adequado.

De acordo com a Secretária de Saúde de Xanxerê, Irene Salete Goralski, as unidades de saúde do município já utilizam aparelho de pressão arterial manual e termômetros digitais conforme recomendação da Anvisa.

A enfermeira e fiscal da Vigilância Sanitária de Xanxerê, Aline Mendes Corso, comenta que a lei que proíbe este uso está em vigor desde o ano de 2010.

– Caso o termômetro quebre, a exposição por algumas horas pode causar bronquite e fibrose pulmonar e a exposição por períodos longos pode causar problemas ao sistema nervoso central e à tireoid – pontua Aline.

A orientação para as pessoas que utilizam estes objetos é de substituição por aparelhos novos e descarte correto.

– Para quem possui os termômetros ou medidores, o ideal é mantê-lo provisoriamente em casa até a divulgação, pela pasta e pela Anvisa, dos pontos de recolhimento – frisa.

 

 

Em caso de quebra, devem ser tomadas as seguintes precauções

– Isolar o local e não permitir que crianças brinquem com as bolinhas de mercúrio;

– Abrir as janelas para arejar o ambiente;

– Recolher com cuidado os restos de vidro em toalha de papel ou luvas e colocar em recipiente resistente à ruptura, para evitar ferimento;

– Localizar as “bolinhas” de mercúrio e juntá-las com cuidado, utilizando um papel cartão ou similar, evitando contato da pele com o mercúrio. Recolher as gotas de mercúrio com uma seringa sem agulha. As gotas menores podem ser recolhidas com uma fita adesiva;

– Transferir o mercúrio recolhido para um recipiente de plástico duro e resistente ou vidro, colocar água até cobrir completamente o mercúrio a fim de minimizar a formação de vapores de mercúrio, e fechar o recipiente;


Por: Direto da Redação

Deixe seu comentário

Saiba Mais