Tião Santos estará em Xanxerê para palestra aos colaboradores do Hospital

A atividade faz parte da 33ª SIPAT e pretende conscientizar sobre o lixo hospitalar

20 de julho de 2018 07:42
Comunidade , Meio Ambiente , Variedades , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp

Na próxima segunda-feira, 23 de julho, colaboradores do Hospital Regional São Paulo, de Xanxerê, vão receber a palestra com Tião Santos. O palestrante ganhou visibilidade no Brasil e no mundo após protagonizar o documentário Lixo Extraordinário, produzido pelo artista plástico Vik Muniz, e indicado ao Oscar em 2011 como melhor documentário. Em função da repercussão mundial do filme, Tião tem contado sua história, e a dos catadores, em vários estados brasileiros e no exterior, através de palestras em escolas, universidades e empresas.

A palestra faz parte da programação da 33ª Semana Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho (SIPAT), que se estende até o dia 27 de julho. Serão três atividades diferentes com foco na conscientização sobre o lixo produzido e a importância da utilização dos Equipamentos de Proteção Individual (EPI).

Conforme a supervisora de Segurança no Trabalho do HRSP, Daiana Baldo, a ideia é abordar o tema lixo hospitalar por meio dos conhecimentos do palestrante. “Ele tem uma experiência enorme pela vivência no aterro sanitário. Por isso, ele pode contribuir conosco expondo sobre a questão ambiental. O intuito é ele falar um pouco sobre como foi essa permanência no lixão, para conscientizarmos nosso colaborador e mostrarmos o nosso papel e contribuição quanto ao descarte de resíduos”, explica.

A história de superação de Tião, conforme Daiana, também motivou a equipe a trazê-lo para Xanxerê. “Queremos mostrar essa história de luta e superação. Ele foi um dos poucos brasileiros a chegar ao Oscar. Apesar das condições em que ele viveu no lixão nunca deixou de ter esperança e de se atualizar”, argumenta.

Na terça-feira (24), a SIPAT muda de foco e fala sobre a importância da utilização de Equipamentos de Proteção Individual (EPI). Uma mesa de discussões abordará o tema, com a participação da direção do HRSP, além dos médicos Juliano Pereira, Jener Bueno e Jorge Streciwik. Para fechar a semana e propiciar ainda maior conhecimento sobre o lixo, duas visitas estão programadas até o aterro sanitário de Xanxerê. A atividade ocorre na sexta-feira (27), nos turnos matutino e vespertino.

A SIPAT é promovida pela Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA), e tem o patrocínio de Hospital Regional São Paulo; Unicred Xanxerê; Agemed; Continental Obras e Serviços; Seville Park Hotel; Dr. Luiz Carlos Pessali; Dr Elias Perin Conti; Dra. Mariluci Zaffari; e Dr. Júlio Falco.

 

A história de Tião

Sebastião Carlos dos Santos, conhecido como Tião Santos, passou a infância brincando no lixão do Jardim Gramacho, localizado em Duque de Caxias, Rio de Janeiro. Transformava o que encontrava no lixo em alimento e diversão. Até que o lixo transformou sua vida. De catador, passou a trabalhar na cooperativa do local, considerado o maior lixão da América Latina até ser fechado em 2012. E foi assim que se tornou presidente da Associação dos Catadores do Aterro Metropolitano do Jardim Gramacho.

Em 2007, o artista plástico Vik Muniz começou um trabalho com catadores do Aterro e o resultado dessa experiência virou o documentário “Lixo Extraordinário”, indicado ao Oscar em 2011 e premiado em diversos outros festivais e mostras internacionais. “Onde existia fim eu vi um começo”, afirma Tião Santos.

 


Por: Alessandra Bagattini

Deixe seu comentário

Saiba Mais