Tiecher fala sobre aumento da taxa de lixo e pedido de cassação do Menegolla

7 de fevereiro de 2018 11:26
Comunidade , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Tiecher fala sobre aumento da taxa de lixo e pedido de cassação do Menegolla Vereador Tiecher (Foto: Patrícia Silva/Lance Notícias)

 

O novo presidente da Câmara de Vereadores de Xanxerê, Lenoir Tiecher (PT) falou na manhã na desta quarta-feira (07), sobre assuntos polêmicos que tem sido debatido na comunidade: aumento da taxa de lixo e o pedido de cassação do prefeito Avelino Menegolla.

Tiecher votou contrário na sessão da câmara de vereadores para a abertura do processo de investigação do prefeito Menegolla. “Nós votamos favoráveis a CPI do tornado, onde a comunidade não estava contente e a pouco tempo depois vimos que o Ministério Público conferiu a situação e não achou irregularidades, temos que ter alguma precaução, não agir somente com pretensão política. Na época da campanha nos defendíamos o mínimo de cargos comissionados, antes o prefeito Bruno tinha 54 comissionados, Miri 36 e agora com o Avelino 25. Já existe uma investigação do Ministério Público. Deveria ter começado na Câmara como foi na CPI do Tornado, mas acho que fica um contra censo, já que o vereador Wilson encaminhou primeiro para o Ministério Público, nós também querer investigar. Acho que não podemos criar essa convergência”, explica em entrevista à Rádio Super Difusora.

Já sobre o aumento da taxa de coleta de lixo, Tiecher comentou que tem conversado muito com o prefeito Avelino, mas que não vê que deve ser reduzido o valor agora.

“Se houve deslize da prefeitura de cobrar mais que deveria, a Câmara irá cobrar da prefeitura e o Ministério Público irá efetuar a análise. Mas de momento, não vejo nenhuma ação para diminuir o valor”, diz.

Tiecher pede ainda que a comunidade tranquilize os ânimos e promova discussões amigáveis.

“Nós temos que colocar a população que a Câmara será parceira da comunidade, a tribuna livre estará disponível. Nós queremos fazer um trabalho de muita tranquilidade, muita transparência. Nós precisamos ter um diálogo bom, acho que nesse momento precisamos baixar um pouco os ânimos políticos, cada um defende a sua bandeira, mas nós precisamos também criar um clima tranquilo. Somos todos xanxerenses, frequentamos os mesmos bares, lojas, precisamos criar um ambiente com discussões sociáveis, temos visto ataques nas redes sociais. Eu quero dizer que continuaremos essa parceria”, finaliza Tiecher.


Por: Patricia Silva

Deixe seu comentário

Saiba Mais