Unoesc e Funoesc empossam dirigentes para nova gestão de quatro anos

3 de maio de 2016 17:28
Comunidade Compartilhar no Whatsapp
Unoesc e Funoesc empossam dirigentes para nova gestão de quatro anos Reitor e vice-reitores da Unoesc são empossados (Foto: Divulgação)

 

Na noite desta segunda-feira (2), no auditório Afonso Dresch, da Unoesc Joaçaba, aconteceu a solenidade de posse do reitor da Universidade do Oeste de Santa Catarina (Unoesc), professor Aristides Cimadon, e dos vice-reitores de campi, professores Genesio Téo (Xanxerê), Vitor Carlos D’Agostini (São Miguel do Oeste), Antonio Carlos de Souza (Videira) e Ricardo Antonio de Marco (Chapecó). No ato, também foram empossados o presidente da Fundação Universidade do Oeste de Santa Catarina (Funoesc), Genesio Téo, e o vice-presidente, Antonio Carlos de Souza.

O reitor da Unoesc estará à frente da instituição por mais quatro anos (2016-2020). A reeleição ocorreu no dia 30 de março, no campus de Joaçaba, durante Assembleia Geral da Funoesc, oportunidade em que foram reeleitos, também para o período de quatro anos, o presidente e o vice da Fundação. Por unanimidade, Cimadon foi indicado à Assembleia Geral pelo colegiado dos Conselhos de Gestão dos campi da Unoesc, sendo o único candidato ao cargo. Por eleição, em voto secreto, o professor foi reeleito com 93,7% dos votos para assumir a próxima gestão. Também, de acordo com o edital da presidência, a Assembleia Geral reelegeu o presidente e o vice-presidente da Funoesc por 96,8% dos votos, única chapa a candidatar-se.

 

Cerimônia

A cerimônia de posse simboliza não apenas a passagem de uma gestão, mas o desenvolvimento e a evolução de uma história de sucesso da primeira universidade instalada no Oeste catarinense. A Unoesc destaca-se como uma das mais importantes universidades do Sul do país, sendo a terceira maior instituição de ensino superior do Sistema Acafe, com cinco campi (Joaçaba, Chapecó, São Miguel do Oeste, Videira e Xanxerê) e cinco unidades (Campos Novos, Capinzal, Maravilha, Pinhalzinho e São José do Cedro).

A Unoesc tem como foco a melhoria da qualidade educacional e o aprofundamento dos compromissos e responsabilidades sociais, por meio de ações centradas no desenvolvimento regional. A instituição incorpora, atualmente, o status de referência em educação superior no Sul do Brasil, processo que se concretiza constantemente pela qualidade e amplitude da formação dos seus cursos, pelos méritos dos investimentos em pesquisa e produção científica e pela relevância dos projetos de extensão universitária, que beneficiam diariamente milhares de estudantes, professores e pessoas das comunidades onde está inserida.

Além de acadêmicos, professores e colaboradores da instituição, a solenidade reuniu autoridades municipais, estaduais e dirigentes da Unoesc e das universidades da Associação Catarinense de Fundações Educacionais (Acafe). Abrindo os discursos, o vice-prefeito do município de Joaçaba, Marcos Weiss, no ato representando o prefeito Rafael Laske, destacou a representatividade da Unoesc e a solenidade como um momento para relembrar a história de sucesso da instituição.

“O que nos cabe aqui hoje é relembrar esta história tão bonita, que alguém sonhou, pensou e criou lá em 1968 no Oeste de Santa Catarina, começando em Joaçaba, sede da Fundação, e se ramificando por toda a região”, disse Marcos.

O reitor da Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul) e vice-presidente da Acafe, professor Sebastião Salésio Herdt, disse estar orgulhoso em representar a Associação no ato. Ele iniciou sua fala enaltecendo o trabalho desempenhado pelo reitor como presidente da Acafe, pelo exemplo de vitalidade demonstrado frente aos desafios.

“Nesse período que preside a Acafe, o professor Cimadon agregou o sistema, buscando demonstrar que unidos somos mais fortes, especialmente em Santa Catarina, que temos uma demonstração muito clara de que o empreendedorismo, as iniciativas e o desenvolvimento regional se deram por essas virtudes de enfrentar os desafios”, destacou Salésio.

 

O diretor de Educação Superior da Secretaria de Estado de Santa Catarina, Gilberto Luiz Agnolin, esteve na solenidade representando o secretário de Estado da Educação, Eduardo Deschamps. Ele parabenizou os empossados por assumirem novamente a responsabilidade de dar continuidade à educação superior de qualidade em Santa Catarina, juntamente com as demais universidades catarinenses.

A deputada estadual Luciane Carminatti também enfatizou o trabalho das universidades comunitárias catarinenses, o qual considera ser um modelo para o país e que precisa ser ainda mais reconhecido pelo Governo.

“Não tenho dúvidas de que a Acafe precisa ser reconhecida ainda mais pelo Ministério da Educação. A universidade comunitária, na dimensão das que temos em Santa Catarina, ainda não é muito conhecida pelos dirigentes educacionais no âmbito nacional”, destacou a deputada.

O deputado federal Jorginho Mello também esteve presente no evento. Em seu discurso, falou da felicidade em estar participando da solenidade que representa a história de sucesso da Unoesc. Ele ainda citou o projeto da Universidade Comunitária Catarinense (UCC).

“Tomara que o sonho da UCC, que é juntar todas as universidades comunitárias de Santa Catarina em uma só, torne-se realidade. É um sonho que pode acontecer, transformando-se na maior universidade do Sul do Brasil” complementou.

Representando em sua fala todos os vice-reitores empossados, o presidente da Funoesc e vice-reitor da Unoesc Xanxerê, professor Genesio Téo, parabenizou os colegas reconduzidos aos cargos, reiterando o compromisso em conduzir a nova gestão da melhor forma possível. Ele também agradeceu a confiança depositada pela Assembleia Geral.

“Não é apenas uma reeleição: na minha concepção, é a renovação de um compromisso sério que se torna cada vez maior. Compromisso esse que nos conduz a manter nossa instituição sólida e, ao mesmo tempo, capaz de inovar e de atender aos anseios da comunidade”, disse.

O reitor da Unoesc, professor Aristides Cimadon, que assume o seu quarto mandato à frente da instituição, foi o último a falar. Ele aproveitou a oportunidade para agradecer a várias pessoas que contribuíram e contribuem para o sucesso da universidade, e para lembrar que, em 2016, a universidade completa 20 anos de reconhecimento pelo Ministério da Educação.

“A indicação dos nossos conselhos e a eleição por maioria expressiva é indicativo de reconhecimento do esforço que temos feito na condução da instituição. É também uma esperança para que, nos próximos anos, possamos conduzir a Unoesc em rumos sólidos”, disse o reitor.

Cimadon ainda citou suas três preocupações futuras, alinhadas ao Planejamento Estratégico e ao Plano de Desenvolvimento Institucional: a qualificação da Unoesc como uma instituição comunitária, fortalecendo os serviços à comunidade e a produção do conhecimento; foco na inovação, essencial para a melhoria dos processos de ensino, pesquisa e extensão; e a solidez institucional, seja ela considerada econômica, financeira ou de imagem.

O ato solene contou ainda com a participação do Coral da universidade, regido pelo maestro Werno Klein, e com a apresentação do novo vídeo institucional.

 


Por: Patricia Silva

Deixe seu comentário

Saiba Mais