Vereadora Katia Colello avalia período em que esteve na Casa Legislativa

8 de outubro de 2018 09:16 | Política , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Vereadora Katia Colello avalia período em que esteve na Casa Legislativa Foto: Arquivo Pessoal

A suplente do Partido dos Trabalhadores (PT), Kátia Collelo, assumiu oficialmente uma cadeira na Câmara de Vereadores de Xanxerê no dia cinco de setembro. E, nesta segunda-feira (08), Katia participa da última sessão ordinária como vereadora. Na próxima quarta-feira (10), Adriano De Martini retoma seu lugar na casa Legislativa.

Permanecendo pouco mais de 30 dias à frente do legislativo, Katia comenta que apesar de pouco tempo, foi proveitoso e ela como vereadora conseguiu alcançar e atender demandas pontuais, principalmente dentro da educação especial e políticas públicas para as mulheres.

“Conseguimos reivindicar pontos para a educação especial e política pública para mulher, especialmente. O tempo foi curto, mas também não ficamos fazendo muitas coisas para não conseguir cumprir. Fizemos pequenas coisas, mas pontuais, que gerassem resultados e que foram alcançadas”, comenta.

Conforme Katia, como profissional da área de educação especial e voluntária, ela percebe diariamente as demandas da comunidade e estar à frente do Legislativo auxiliou para que pudesse buscar soluções para problemas pontuais que chegaram até ela.

“Já faço isso de estar perto da comunidade enquanto voluntária, na área da educação, da educação especial, com as comunidades. Estar à frente do legislativo só me empoderou mais de fazer. Foi muito bom e, agora, sugerimos que as mulheres se desafiem cada vez mais e participem da política também, porque se não estivermos, vem os homens e fazem e nós temos potencial para estar ali também e mostrar que podemos fazer diferente. Foi muito bom esse tempo dentro da Câmara de Vereadores”, destaca.

Na sessão ordinária da quarta-feira (10), o vereador Adriano De Martini volta para a Casa, após tirar licença de 70 dias para trabalhar em sua campanha eleitoral para concorrer ao cargo de deputado estadual.


Por: Alessandra Oliveira

Deixe seu comentário

Saiba Mais