Vereadores de Xanxerê aprovaram pauta da última sessão de maio

24 de maio de 2017 07:14
Comunidade , Política , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Vereadores de Xanxerê aprovaram pauta da última sessão de maio Foto: Divulgação

 

Nesta segunda-feira (22), aconteceu a última sessão ordinária deste mês da Câmara Municipal de Xanxerê, com a presença dos nove vereadores, sendo que os Projetos, Moções e Indicações, foram todos aprovados.

Na Tribuna Popular, usou a palavra o presidente da Associação dos Haitianos de Xanxerê – Asha, Bernadel Louis Saine.

Após o momento da Palavra Livre (onde vereadores se pronunciaram), no momento da presidência, Adriano De Martini anunciou a data para as sessões ordinárias do próximo mês de junho, sendo definidas as seguintes datas: dias 05, 07, 12, 14, 19 e 21.

Três Projetos do Executivo também foram incluídos na pauta com regime de urgência, sendo todos aprovados.

Em 2ª votação estiveram os projetos de nº, 17, 18, 19 e 21, que após discutidos receberam aprovação por unanimidade. Os Projetos em 1ª votação foram aprovados, passando pela segunda votação e redação final em sessão extraordinária.

As Moções de nº 12, 13, e 14, junto com as indicações apresentadas, também foram apreciadas e votadas pela aprovação dos vereadores.

Para o presidente da Câmara, alguns temas importantes estiveram em discussão, sendo:

– o projeto nº 22 que altera a rubrica do Leite e Pão Amigo da Secretaria de Educação para a Assistência Social visando desenvolver o novo programa;

– Projeto nº 24 que repõe de forma integral 4,56% para os servidores públicos municipais;

– Projeto nº 25 que trata do Vale Alimentação para todos os servidores públicos municipais que passa a ser reajustado na mesma data base do salário;

– Projeto nº 26 que regulamenta os projetos em andamento do Programa Lar Legal, alterando (reduzindo) a metragem dos terrenos contemplados para 125m², considerando que projetos futuros em área de interesse social, continuam com o tamanho estabelecido em no mínimo 200m².

Adrianinho finalizou afirmando que “centenas de famílias deverão ser atendidas desta forma com a regularização iniciada, tendo acesso a energia para melhorar suas casas com a escritura pública em mãos”.

A próxima sessão ordinária foi convocada pelo presidente para o dia 5 de junho, sendo que os vereadores podem ser convocados extraordinariamente caso existam matérias urgentes pra serem deliberadas. (Assessoria de Imprensa)


Por: Alessandra Bagattini

Deixe seu comentário

Saiba Mais