Vídeo: agricultura contabiliza prejuízos causados pela chuva durante o mês de outubro

1 de novembro de 2018 09:01 | Agricultura , Chuva , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Vídeo: agricultura contabiliza prejuízos causados pela chuva durante o mês de outubro (Foto: Divulgação)

O mês de outubro foi de prejuízos para os produtores rurais em Xanxerê. Com um acúmulo de mais de 350 milímetros de chuva em todo o mês, os prejuízos em dinheiro passam da casa do milhão, sendo registrados danos no plantio da soja, cultivo de hortaliças, colheita do trigo e também nas estradas.

No primeiro acúmulo de chuva significativo, registrado no início do mês, o maior prejuízo na agricultura foi no plantio da soja. Muitos produtores já tinham plantado a semente quando as chuvas fortes atingiram o município, onde a água levou consigo o plantio.

Agora, no fim do mês de outubro, quem sofre são os produtores que plantaram trigo e não conseguem colher. Com a semente madura e pronta para a colheita nas lavouras, a cada dia de chuva o prejuízo aumenta.

“O soja foi replantado. Agora, vai ter uma grande perca no trigo e também na cadeira leiteira, pois a produção diminui, por conta da chuva. O trigo está pronto para ser colhido e a cada dia a mais de chuva, o grão perde qualidade”, comenta o secretário de Agricultura, Edson Zape (Timão).

Outro ponto que preocupa a Secretaria são as estradas, que foram bastante danificadas com as chuvas. Conforme o secretário, as secretarias de Obras e Agricultura trabalham na recuperação dos locais mais críticos, que são prioridade no momento.

“As estradas também nos preocupam, não pudemos fazer muitas melhorias que precisavam ser feitas. Agora, trabalhamos nos pontos mais críticos, que são de urgência, mas enfrentamos muitos problemas também, pois as condições climáticas não nos favorecem”, destaca.

E, a condição de chuva deve continuar nos próximos dias, com uma previsão de 25mm para Xanxerê nesta quinta-feira (1º). Além disso, para o feriado da sexta-feira (2), Dia de Finados, a previsão é de 5mm de chuva no município.


Por: Alessandra Oliveira

Deixe seu comentário

Saiba Mais