Xanxerê acompanha crescimento de franquias nesse primeiro semestre do ano

6 de setembro de 2019 10:19 | Visualizações: 127
Comunidade , Economia Compartilhar no Whatsapp
Xanxerê acompanha crescimento de franquias nesse primeiro semestre do ano Foto: Divulgação

O faturamento do setor de franquias nacional teve crescimento de 6,4% no primeiro semestre do ano, segundo o que informou a Agência Brasil. A receita subiu de R$ 79,496 bilhões para R$ 84,586 bilhões. Os dados são da Associação Brasileira de Franchising (ABF). Nos últimos 12 meses, a receita do mercado de franchising evoluiu 6,9%, atingindo R$ 179,933 bilhões.

Já no segundo trimestre o setor registrou crescimento nominal de 5,9%, em comparação a igual período do ano passado, com a receita evoluindo de R$ 40,734 bilhões para R$ 43,122 bilhões.

Segundo o presidente da ABF, André Friedheim, as redes de franquia estão performando acima da média dos negócios independentes.

– Temos marcas fortes, ganho de escala, muita inovação. O mercado de franquias tem novos formatos que permitem que as empresas sejam mais eficientes na sua operação – comenta o presidente.

Em Xanxerê, algumas franquias se instalaram no município ao longo desse ano em diferentes setores. O município já oferece esses tipos de serviço que geralmente eram vistos somente nas grandes cidades. Com a abertura dessas novas empresas proporciona a população xanxerense novos empregos e renda. Conforme o secretário de Desenvolvimento Econômico, Charles Rabaiolli, as franquias estão em expansão no Brasil e Xanxerê busca essas novas alternativas no mercado.

– Com novas opções de comércio e serviços, a interiorização das franquias é uma modalidade em expansão no Brasil. Em Xanxerê as pessoas buscam estas alternativas por opção de ter um negócio próprio ou necessidade em função da cidade ser polo da microrregião. Como em Xanxerê mais de 90% das empresas são micro ou pequenas empresas, esse modelo encontra aqui uma situação confortável para sua implantação. O que para o município é importante no sentido de gerar emprego e renda para nossa população – comenta secretário Charles.

 

Empregos

O total de empregos diretos gerados pelo setor de franquias aumentou 10% no segundo trimestre deste ano comparativamente ao mesmo trimestre do ano anterior. O número de trabalhadores com carteira assinada subiu de 1.224.987 para 1.348.235.

De acordo com a ABF, as franquias já começam a entrar em outras cidades, saindo um pouco do eixo Rio de Janeiro-São Paulo. Atualmente, 45% dos municípios brasileiros já têm uma operação de franquia. Os maiores crescimentos, em termos de receita, foram observados nas regiões Sul, de 9,7% para 10,3% do total do mercado; Nordeste (de 13,6% para 13,9%) e Centro-Oeste (de 8,4% para 8,6%).


Por: Carol Debiasi

Deixe seu comentário

Saiba Mais